Plano de Desenvolvimento Individual para o Atendimento Educacional Especializado

Autores

Rosimar Bortolini Poker (ed), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.; Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins (ed), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.; Anna Augusta Sampaio de Oliveira (ed), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.; Simone Ghedini Costa Milanez (ed), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.; Claudia Regina Mosca Giroto (ed), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.

Sinopse

O principal desafio para os professores especialistas no Atendimento Educacional Especializado (AEE), que assumem a regência de uma Sala de Recursos Multifuncional (SRM), conforme a Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva, publicada no ano de 2007, é atender alunos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação que são encaminhados a esse espaço. Nesses ambientes devem ser oferecidas todas as condições de pleno desenvolvimento para que consigam ter acesso ao currículo da sala de aula regular em que estão matriculados. Para tanto, o Atendimento Educacional Especializado que ocorre na Sala de Recursos Multifuncional deve estar fundamentado nas habilidades e competências do aluno, considerando sua condição específica para realizar determinadas tarefas. Nesse sentido, a avaliação torna-se imprescindível para o professor iniciar o trabalho pedagógico especializado, pois é importante conhecer o aluno e as suas condições de inserção e participação na escola, na família e na sala de aula regular. Assim, o professor poderá providenciar os ajustes e as adequações nos diferentes âmbitos que interferem diretamente no processo de ensino e de aprendizagem do aluno, público-alvo do Atendimento Educacional Especializado, garantindo-lhe uma educação de qualidade.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Apoio:

Logo_e-book_-_Capes1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosimar Bortolini Poker, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1988), mestrado em Educação pela Faculdade de Filosofia e Ciências Unesp (1995) e doutorado em Educação pela Faculdade de Filosofia e Ciências Unesp (2001). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Inclusiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Inclusiva, formação de professores, educação especial, ensino e aprendizagem do aluno com surdez e organização de sistemas educacionais inclusivos. Também exerce assessoria pedagógica, na área da Educação Especial, junto à diferentes municípios do Estado de São Paulo. Possui várias publicações que tratam da educação do aluno com surdez; desenvolvimento cognitivo do surdo; organização da escola inclusiva; adequações curriculares e, da formação do professor para atuar na perspectiva inclusiva.

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990), Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é professora assistente doutora do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Marilia. Tem experiência na área de Formação de professores, atuando com a educação especial na perspectiva da Educação Inclusiva, principalmente, nos seguintes temas: Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas a Educação Especial, Formação de Professores, Educação Inclusiva e Surdez.

Anna Augusta Sampaio de Oliveira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.

Possui graduação em Pedagogia (Universidade de São Paulo- USP), mestrado em Educação Especial (Universidade Federal de São Carlos - UFSCar e doutorado em Educação (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP). Atualmente é Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, na graduação e pós-graduação. Foi coordenadora de duas edições em curso de especialização de formação de professores em Educação Especial, num convênio junto à Secretaria de Educação do Município de São Paulo e atualmente coordena a 4ª edição do mesmo curso, na área da deficiência intelectual. Foi coordenadora geral do Curso de Especialização em Atendimento Educacional Especializado (AEE), na modalidade a distância, no período de maio de 2009 a novembro de 2010, num importante convênio entre a Secretaria de Educação Especial, MEC e a Reitoria da UNESP. Também exerce assessoria pedagógica, na área da Educação Especial, junto à Secretaria de Educação do Município de São Paulo. Elaborou um Referencial de Avaliação da Aprendizagem na área da deficiência intelectual, para o Ensino Fundamental, ciclos 1 e 2 e para a Educação de Jovens e Adultos - EJA, e acompanha a aplicação desse referencial na rede municipal de educação de São Paulo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, currículo, avaliação, educação especial e Educação Inclusiva, atuando principalmente nos seguintes temas: construção de sistemas educacionais inclusivos, concepção de deficiência, práticas pedagógicas inclusivas, avaliação educacional, aprendizagem e formação de professores. Publicou o livro “Um diálogo esquecido: a vez e a voz de adolescentes com deficiência”, com várias reedições, possui vários capítulos de livro discutindo os temas de sua atuação e como publicação mais recente, organizou o livro: OLIVEIRA, A. A. S., OMOTE, S., GIROTO, C. R. M. (Orgs.) “Inclusão escolar: as contribuições da educação especial”, em 2008 e reimpressão em 2011.

Simone Ghedini Costa Milanez, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.

Possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo (1993), mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997) e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Atualmente é Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho na graduação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: educação inclusiva, educação especial, necessidades educacionais especiais, deficiência intelectual e deficiência auditiva. Atua também no Ensino à Distância na formação continuada de professores no Atendimento Educacional Especializado.

Claudia Regina Mosca Giroto, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.

Possui graduação em Fonoaudiologia pela Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC/Campus de Marília da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1993), mestrado (1998) e doutorado (2006) em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC/UNESP (1998). Atua como Professor assistente Doutor, efetiva, do Departamento de Educação Especial da FFC/UNESP/Campus de Marília. Possui experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Educação e Saúde, e atua principalmente nos seguintes temas: fonoaudiologia educacional, linguagem escrita, interdisciplinaridade saúde-educação, educação inclusiva, educação especial. Leciona no Curso de Pedagogia da FFC/UNESP. Possui experiência como Professora Pesquisadora em Formação Continuada para professores na modalidade de ensino de Educação a Distância (Convênio SEESP/MEC). Participa, desde 1995, do grupo de pesquisa “Diferença, desvio e estigma”, certificado pelo CNPq. Publicação mais recente: OLIVEIRA, A. A. S., OMOTE, S., GIROTO, C. R. M. (Orgs.) Inclusão escolar: as contribuições da educação especial. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, Marília: Fundepe Editora, 2008, 288 p.

Publicado

June 5, 2013

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-393-9

Date of first publication (11)

2013

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 10mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas