Diferentes olhares sobre a Inclusão

Autores

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.
https://orcid.org/0000-0002-4247-1447
Claudia Regina Mosca Giroto (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.
http://orcid.org/0000-0001-6267-8085
Claudio Benedito Gomide de Souza (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, Departamento de Didática.

Sinopse

Inicialmente chamamos a atenção para o título deste livro que ora vem a público. Isso porque Diferentes olhares sobre a inclusão foi uma escolha assertiva de seus organizadores, pois, de saída, provoca o leitor a considerar um pressuposto que permite apreender e analisar a complexidade, os conflitos e as contradições expressos nas discussões encaminhadas pelos autores dos capítulos ao tratarem do tema: inclusão no contexto escolar e/ou fora dele. Ou seja, o pressuposto de que diferentes olhares implicam diferentes processos inclusivos e, portanto, não existe, necessariamente, consenso ou unidade em relação a concepções, práticas e políticas que vêm sendo implementadas em nome da denominada inclusão.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Apoio:

Logo_e-book_-_Capes1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial.

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990), Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Doutora em Educação – Programa de Pós-Graduação em Educação – FFC – UNESP – Marília/SP. É professora Assistente Doutora do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências –UNESP/Marília. Coordenou pela FFC/UNESP os cursos de extensão em Libras a Distância nas 1ª e 2ª edições, em parceria com a SEESP/MEC (Edital 01/2007), no período de 2007 a 2010. Coordenou, pela Pró-Reitoria de Extensão da UNESP, o projeto de “Acessibilidade no ensino superior”, junto ao Programa INCLUIR – MEC/SESu, no período de 2011 a 2012. Contribuiu como supervisora de tutoria a distância, num importante convênio da UNESP com a SECADI/MEC, na oferta de um curso de especialização em “Atendimento Educacional Especializado na perspectiva da Educação Inclusiva”, ofertado na modalidade a distância, no período de 2010 a 2013, que depreendeu a sua intensa participação na organização e autoria de livros, na elaboração de capítulos e editoração da uma coletânea de seis volumes que, reúnem os melhores trabalhos de pesquisa de professores da rede pública de ensino, que participaram do curso em questão. Atualmente, é vice-líder do grupo de pesquisa certificado pelo CNPq: “Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão – GEPDI”. Entre outras ações, participa em atividades de ensino, pesquisa e extensão vinculadas às áreas de formação inicial e continuada de professores em Educação Especial e Educação Inclusiva. Possui vários trabalhos científicos publicados nas áreas de Formação de Professores em Educação Especial, Inclusão e Surdez.

Claudia Regina Mosca Giroto, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.

Graduada em Fonoaudiologia pela Facudade de Filosofia e Ciências – FFC/Câmpus de Marília da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho –- UNESP (1993), mestrado (1998) e doutorado (2006) em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC/UNESP (1998). Atua como Professora Assistente Doutora, efetiva, do Departamento de Educação Especial da FFC/UNESP/Câmpus de Marília. Possui experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Educação e Saúde e atua principalmente nos seguintes temas: fonoaudiologia educacional, linguagem escrita, interdisciplinariedade saúde-educação, educação inclusiva, educação especial. Leciona no Curso de Pedagogia da FFC/UNESP. Possui experiência como Professora Pesquisadora em Formação Continuada para professores na modalidade de ensino de Educação a Distância (Convênio SEESP/MEC). Participa, desde 1995, do grupo de pesquisa Diferença, desvio e estigma, certificado pelo CNPq.

Claudio Benedito Gomide de Souza, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, Departamento de Didática.

Graduado em Pedagogia (Administração Escolar) pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São José dos Campos (1975), graduação em Letras (Português/Inglês) pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São José dos Campos (1974), mestrado em Tecnologia da Educação pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1977), doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (1988) e é livre docente na Faculdade de Ciências e Letras, Câmpus de Araraquara, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. É ex-diretor da Faculdade de Ciências e Letras – UNESP/FCLAr (1997-2001 e 2005-2008). É coordenador de grupo de pesquisa e desenvolvimento IAGE – Informática aplicada à Gestão Educacional, atua como consultor e avaliador externo de cursos, programas e projetos educacionais e é membro do conselho de curador da Universidade Federal de São Carlos. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração de Sistemas Educacionais, Administração de Unidades Educacionais, Planejamento. Pesquisa e Avaliação.

Adriana Turqueti, Faculdade de Educação São Luís.

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000), Mestre e Doutora em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente, é docente da Faculdade de Educação São Luis, na qual tem ministrado disciplinas em cursos de graduação e pós-graduação, nas modalidades presencial e a distância, na área de Ciências Sociais, em especial nas de sociologia e de gestão, política e legislação educacional. Na referida IES, preside a Comissão Própria de Avaliação-CPA, é membro do colegiado superior e coordena um grupo de estudo e pesquisa Educação e Sociedade.

Denise Cintra Villas Boas

Graduada em Fonoaudiologia – Faculdades Integradas Teresa D´Ávila (1999), Especialista em Motricidade Oral – CEFAC (2001), Mestre (2009) e Doutoranda em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUCSP. Atuou como fonoaudióloga (2004-2012) no Centro de Apoio Pedagógico Especializado – CAPE – Serviço de Educação Especial da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Fonoaudióloga clínica. Possui experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial e atua principalmente nos seguintes temas: fonoaudiologia educacional, surdocegueira, deficiência múltipla, surdez e transtornos funcionais específicos.

Eládio Sebastian Heredero

Professor Doutor da Universidad de Alcalá (Espanha) e Professor colaborador da UNESP (Brasil). Professor da Conselheria de Educaçao de Castilha La Mancha. Possui Graduaçao en Ciências da Educaçao pela Universidade Complutense de Madri (Espanha), Post Graduaçao en Ciências da Educaçao pela Universidade Complutense de Madri (Espanha), Doutorado en Educaçao pela Universidade de Alcalá (Espanha). Postdoutorado pela Universidad Estadual Paulista de Sao Paulo (Brasil). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Planejamento Educacional e Escola Inclusiva e na área de Formaçao de Professores. Foi Diretor dos Centros de Formaçao Continuada do Professorado do MEC e da Conselheria de Educaçao em Pastrana e Guadalajara (Espanha), Asessor da area de atençao a diversidade e planejamento na Secretaria de Educaçao do MEC em Guadalajara (Espanha), Orientador Educacional e Professor de Ensino Básico e Medio. Atualmente coordenador do Convênio UNESP (Brasil) - UAH (Espanha).

Fabiana Chinalia

Doutoranda em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. Mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2006). Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP de Araraquara (Formação em ensino de deficientes intelectuais e séries iniciais do Ensino Fundamental, 1998) e em Educação Física pelo Centro Universitário Moura Lacerda de Jaboticabal.Atualmente, é docente da Faculdade de Educação São Luís de Jaboticabal nos cursos de graduação em Pedagogia e de Pós-Graduação a distância (EaD) em Educação Especial: Deficiência Intelectual e de Pós-Graduação em Gestão Escolar, na modalidade presencial. Também é coordenadora de Estágios das Licenciaturas e da Brinquedoteca: BrincAlegria da referida Faculdade. Atua também como docente no curso de Pedagogia nas modalidades presencial e a distância (EaD) do Centro Universitário – UniSEB em Ribeirão Preto/SP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na Educação Especial. Desenvolve estudos com os eixos temáticos: inclusão escolar, deficiência intelectual, formação de professores, práticas pedagógicas, jogos e brincadeiras, imaginação, criação e brinquedoteca.

Fátima Elisabeth Denari

Graduada em Estudos Sociais pela Associação de Escolas Reunidas de São Carlos (1976), graduação em Complementação Pedagógica pela Faculdade São Luiz (1986), mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos (1984) e doutorado em Metodologia do Ensino pela Universidade Federal de São Carlos (1997). Atualmente, é professora associada do departamento de Psicologia da Universidade Federal de São Carlos e professora e orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação Especial. A partir de 2012, é professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da FCL/UNESP/Araraquara. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Desenvolvimento Humano, atuando principalmente nos seguintes temas: educação especial, educação inclusiva, sexualidade e deficiência e formação de professores.

Fátima Inês Wolf de Oliveira

Graduação em Pedagogia pela Universidade do Vale do Itajaí (1986), especialização em Metodologia do Ensino das Séries Iniciais pela Universidade do Vale do Itajaí (1991), mestrado em Educação do Indivíduo Especial pela Universidade Federal de São Carlos (1995), doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001). Atualmente, é Professor Efetivo da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículo. Atua principalmente nos seguintes temas: Educação Inclusiva, Ensino de deficientes visuais, Recursos didáticos adaptados ao ensino, Adequações curriculares.

Flávia Oliveira Machado

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2008) e mestrado em Televisão Digital pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011). Atualmente, trabalha como Coordenadora do Setor de Acessibilidade e Multimídia da TV Aparecida.

Helena Ferreira Vander Velden

Graduado em Nutrição pela Faculdade de Medicina de Itajubá (2003), em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Câmpus de Bauru (2009) e Mestrado em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP/Bauru. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Escolar e Inclusão Educacional.

Jáima Pinheiro de Oliveira

Pós-doutoranda em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2012), com período de estágio na Universidade do Minho (Portugal); Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2010); Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (2004); Bacharel em Fonoaudiologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001); Especialista em Fonoaudiologia Educacional pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa – 5636/2011). Atualmente, é Professora Adjunta do Departamento de Fonoaudiologia e credenciada nos Programas de Pós-graduação em Educação (Mestrado) e Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário (Mestrado), na Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), Paraná. Os termos mais frequentes em produções acadêmicas são: desenvolvimento infantil, linguagem infantil e dificuldades no processo ensino-aprendizagem.

José Luis Bizelli

Graduado em Arquitetura pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1980), com mestrado (1990), doutorado (2003) e Livre Docência (2013) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Foi diretor da Faculdade de Ciências e Letras UNESP (2009-2012), Câmpus de Araraquara, e está credenciado nos Programas de Pós-Graduação em Televisão Digital (FAAC-UNESP, Bauru) e Educação Escolar (FCLAr-UNESP, Araraquara). Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Gestão de Políticas Públicas e Estado e Governo. Foi o editor do Laboratório Editorial da FCLAr (2009 e 2012) e é responsável pelo convênio sobre Educação entre a UNESP e a Universidade de Alcalá de Henares (UAH Espanha).

Keila Rocha Santos Barros

Graduada em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2000). Atualmente, é professora do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professor, educação inclusiva e aprendizagem.

Lúcia Pereira Leite

Graduada em psicóloga e Doutora em Educação. Professora do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem, da Faculdade de Ciências, da UNESP, Câmpus de Bauru. Exerce atividades científicas nas áreas de Psicologia e Educação, discutindo, em pesquisas realizadas e/ou orientadas, as temáticas: inclusão social e educacional, deficiência, políticas públicas, acessibilidade, formação continuada e necessidades educacionais especiais. Iniciou estágio de pós-doutoramento na UFSCar, junto ao Programa de Pós-graduação em Educação Especial. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Deficiência e Inclusão – GEPDI/CNPq.

Maria Cecília Bonini Trenche

Graduada em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1973), mestre em Distúrbios da Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987) e doutora em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995). Professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, exerce, também, atividades clínicas e de assessoria. Líder do grupo de pesquisa Métodos e Processos Clínico-terapêuticos em Fonoaudiologia, desenvolve pesquisas principalmente nos seguintes temas: fonoaudiologia, linguagem surdez, escrita, criança surda, educação especial, formação profissional e saúde coletiva. Atualmente, é membro da CPA-PUCSP e coordenadora do Pró-saúde PUCSP.

Rocio Canalejo Jimenez

Professora de Educação Primária, especializada em Língua Extrangeira. Graduada em magistério pela Universidade de Alcalá – Espanha. Tem participado de reuniões e eventos científicos na área da educação. Especialista de ensino de língua estrangeira.

Sérgio Vasconcelos de Luna

Doutorado em Psicologia (psicologia experimental) pela Universidade de São Paulo, em 1983. Atualmente, é professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, filiado aos programas de Pós-graduação em Educação: psicologia da educação e psicologia experimental: análise do comportamento. Publicou livros, capítulos de livros e artigos em periódicos especializados. Orientou dissertações de mestrado e de doutorado nas áreas de educação e psicologia. Participou de inúmeros projetos, um dos quais em nível internacional. Atua na área de psicologia, com ênfase em psicologia experimental. Em suas atividades profissionais, interagiu com vários colaboradores em coautorias de trabalhos científicos. Em seu currículo lattes, os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: análise do comportamento e educação, behaviorismo e educação, contingências de ensino, contingências educacionais, contingências na pós-graduação, desenvolvimento infantil, dissertações e teses, ensino de pós-graduação no Brasil, ensino e pesquisa e ensino universitário.

Shirley Rodrigues Maia

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Metropolitana Unida (1983), especialista nas áreas da surdocegueira e deficiência múltipla, mestrado em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2004) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2011). Atualmente, é sócia-fundadora da Associação Educacional para Múltipla Deficiência e presidente do Grupo Brasil de Apoio aos Surdocegos e ao Múltiplo Deficiente Sensorial. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: surdez, surdocego, surdocegueira, educação especial, autismo e deficiência múltipla.

Silmara Sartoreto de Oliveira

Licenciada em Ciências Biológicas pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/Assis (1997) e Mestrado e Doutorado em Educação para a Ciência pela Faculdade de Ciências, UNESP/Bauru (2002 e 2008). Atualmente, é Professora Adjunta do Departamento de Biologia Geral, Área de Metodologia e Prática de Ensino de Ciências e Biologia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Professora do Curso de Pós-Graduação em nível de Especialização em Ensino de Ciências (UEL) e Especialista do Conselho Estadual de Educação (CEE). Membro do Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências cadastrado no CNPq e do FOPE Fórum Permanente de Prática de Ensino/UEL, Membro da Comissão de Estágio do FOPE. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação inicial e continuada de professores, pesquisas em educação e educação a distância. É também parecerista ad hoc da Revista Ciência e Educação (FC/UNESP/SP), Revista Ciência e Saúde Coletiva (RJ) e Tecne, Episteme y Didaxis (Bogotá, Colômbia), atuando fortemente na área de pesquisa, ensino e extensão, orientando vários trabalhos de pesquisa. Os resultados destas pesquisas vêm sendo amplamente divulgados com a participação efetiva em eventos nacionais e internacionais.

Tânia Gonçalves Martins

Doutoranda em Psicologia da Educação – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Mestre em Psicologia da Educação – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Bolsista CNPq), Especialista em Educação Especial – Faculdades Integradas Rui Barbosa – SP e em Docência do Ensino Superior – Universidade Castelo Branco – RJ. Graduada em Psicologia, com licenciatura plena, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1997). Possui experiência na área de Educação, com ênfase em Psicologia Educacional e Educação Especial e como docente no Ensino Superior. (Bolsista de Doutorado CAPES).

Tânia Moron Saes Braga

Formada em Psicologia pela Fundação Educacional de Bauru (1975), graduação em Pedagogia – Faculdades Integradas de Marília (1985), mestrado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1989) e doutorado em Psicologia (Psicologia Experimental) também pela Universidade de São Paulo (1995). Atualmente, é professora assistente doutora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Comportamento e Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: deficiência visual, ações educativas, desenvolvimento e aprendizagem e necessidades especias de saúde.

Publicado

June 4, 2013

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-395-3

Date of first publication (11)

2013

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 10mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas