Mulheres, Gênero e Sexualidades na sociedade - diversos olhares sobre a cultura da desigualdade - Volume II

Autores

Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo (ed)

Palavras-chave:

Mulheres - Condições sociais, Sexo, Violência contra mulheres, Mulheres e literatura, Mulheres artistas, Mulheres na educação, Igualdade

Sinopse

MULHERES, GÊNERO E SEXUALIDADES NA SOCIEDADE - DIVERSOS OLHARES SOBRE A CULTURA DA DESIGUALDADE

A violência contra a mulher tem sido uma das características marcantes da sociedade brasileira e perpassa todas as classes sociais, muitas vezes vista de forma natural. Os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, evidenciam índices preocupantes de aumento: 648 mulheres foram vítimas de feminicídios no primeiro semestre de 2020, ou seja, um aumento e 1,9% em relação ao mesmo período em 2019.
Essa é uma constatação histórico-cultural que exige ações educativas consistentes, sistemáticas de maneira que possam trabalhar as subjetividades das pessoas, a partir de valores da dignidade, do respeito ao ser humano, na concepção de direito à diferença na igualdade.
Tratar de temas dessa natureza são contribuições imprescindíveis para os processos formativos de todas as pessoas, em todos os níveis de escolarização e, em todas as áreas de conhecimento.
Este livro, portanto, contribui para ampliar e fortalecer o debate, com uma vasta e importante produção, ao tratar da violência em sua relação com: Gênero, Sexualidade e como os mesmos são tratados na sociedade.

Aida Monteiro

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg   

 

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1991), mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997), doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2003) e pós-doutorado em Educação pela Universidade do Minho-Braga-Portugal (2007). Investigadora visitante no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2007). Professora assistente doutora efetiva do Departamento de Administração e Supervisão Escolar, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Marília. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração de Unidades Educativas e Políticas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão democrática, direitos humanos, gênero, cidadania e educação. Líder do Grupo de Pesquisa NUDISE- Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual na Educação, Membro do NUDHUC-Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília e do Observatório de Educação em Direitos Humanos da UNESP.

Aida Maria Monteiro Silva

Professora Titular da UFPE, Centro de Educação, atua nos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado nas áreas de: formação do professor, didática, gestão escolar, Educação em Direitos Humanos. Coordenadora do Núcleo de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania-UFPE. Ex-Coordenadora da Rede Latino-americana e Caribenha de Educação em Direitos Humanos. Líder do grupo de Pesquisa sobre Educação em Direitos Humanos no CNPQ. Integra grupo de estudos sobre DH da Universidade de Salamanca. Participou da Elaboração das Diretrizes Nacionais para Educação em Direitos Humanos. É co-autora do Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Coordenadora da Coleção de Educação em Direitos Humanos da Editora Cortez/São Paulo.

Alexandre de Castro

Alexandre de Castro é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP Câmpus de Marília/SP onde graduou-se em Ciências Sociais Bacharelado (1995); Bacharel em Direito pelo Centro Universitário Eurípedes de Marília - UNIVEM (2002), Mestre em Teoria do Direito e do Estado pelo Centro Universitário Eurípedes de Marília - UNIVEM (2005). Atualmente é professor do Curso de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba, onde ingressou em 2011, responsável pela disciplina de Ciência Política. A partir de 2013 está vinculado ao Programa de Pós Graduação Lato Sensu em Educação ministrando a disciplina de Sociologia da Educação e em 2014 vincula-se ao Curso de Pós Graduação Lato Sensu em Direitos Humanos ministrando a disciplina de Fundamentos Sociológicos dos Direitos Humanos na mesma Unidade Universitária. Membro integrante, na qualidade de pesquisador, do Grupo de Pesquisa, cadastrado no CNPQ e certificado pela UNESP, GP FORME - Formação do Educador - linha de pesquisa: Metodologias e Práticas de Ensino. Membro integrante, na qualidade de estudante, do Grupo de Pesquisa, cadastrado no CNPQ e certificado pela UNESP, Direito, Cotidiano e Construção da Sociabilidade - linha de pesquisa: Direito e Cotidiano.

Alicia Cabezudo

Doctora en Educación - Especialidad Ciencias Sociales - Universidad de las Naciones Unidas para la Paz, Costa Rica y Universidad de Ginebra, Suiza. Maestría en Educación en Ciencias Sociales con especialidad Educación para los DDHH y la Democracia en América Latina. Universidad de Barcelona, España. Profesora de Historia y Educación Democrática. Instituto Nacional Superior del Profesorado, Rosario. Argentina. Licenciada en Historia. Especialidad Historia de América Latina Contemporánea. Universidad Nacional de Rosario, Rosario. Argentina.Maestra Normal Nacional. Escuela Normal Nro 1. Rosario, Argentina. Es profesora Emérita en la especialidad Metodología y Enseñanza de las Ciencias Sociales de la Escuela de Ciencias de la Educación de la Universidad Nacional de Rosario / Argentina y de la Catedra UNESCO de Cultura de Paz y Derechos Humanos de la Universidad Nacional de Buenos Aires, dirigida por el Premio Nobel de la Paz - Arquitecto Adolfo Pérez Esquivel así como de la Catedra de Derechos Humanos de la Facultad de Filosofía de la Universidad de Buenos Aires dirigida por el escritor.

Amanda Valiengo

Possui Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus de Marília (2005). Concluiu Mestrado em Educação (2008) e Doutorado em Educação, com estágio em Portugal (2012) pela mesma Universidade. Atualmente é Pós-doutoranda pela Universidade Federal do Espírito Santo e professora Adjunta da Universidade Federal de São João Del Rei, MG, no Departamento de Ciências da Educação. É pesquisadora na área de Educação Infantil, brincadeira e leitura literária para a infância. Membro dos grupos de pesquisa: Grupo de Estudos e de Pesquisa em Especificidades da docência na Educação Infantil (GEPEDEI, Unesp - Marília) e Grupo de Pesquisa sobre Formação Docente e Práticas Pedagógicas à luz da Psicologia da Educação e da Didática (Ufla, Lavras). Foi professora na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, MG, nos Curso de Licenciatura em Pedagogia e Bacharelado em Humanidades (2013-2016).

Ana Claudia Bazé de Lima

Formação em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Ministro Tarso Dutra (2000). Pós graduação Lato Sensu em Metodologia do Ensino Superior pelo Centro Universitário da Grande Dourados(2011) e Pós graduação Lato Sensu em MBA em Gestão Empreendedora em Educação pela Universidade Federal Fluminense (2012). Mestranda em Educação na Universidade Estadual Paulista - Câmpus de Marília (2017). Atua na Secretaria Municipal de Educação, na Assessoria da Educação Infantil desenvolvendo ações de assessoria, tutoria e formação continuada aos profissionais que atuam com as crianças de 0 a 6 anos. Membro do Conselho Gestor do Fórum Regional de Educação Infantil Costa Leste-MS, Pesquisadora estudante cadastrada no Grupo de Pesquisa do CNPq- PROLEAO _Processos de leitura e de escrita: apropriação e objetivação.

Ana Laura Bonini Rodrigues de Souza

Mestranda pelo programa de Pós-Graduação em Educação na Faculdade de Filosofia e Ciências, da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP/, Campus de Marília - SP, na linha de história e filosofia da Educação, sob orientação da Dra. Rosane Michelli de Castro, possui graduação em Direito pelo Centro Universitário Eurípides de Marília - UNIVEM (2017). Tem como interesse de pesquisa os seguintes temas: Educação, História da Educação, Gênero, Direitos Humanos das mulheres, Mulheres professoras. Faz parte do corpo editorial da Revista do Instituto de Políticas Públicas de Marília - IPPMar. É integrante dos Grupos de Estudos e Pesquisas: HiDEA-Brasil - História das disciplinas escolares e acadêmicas no Brasil (Saberes, práticas e culturas escolares e acadêmicas), e, NUDISE - Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual na Educação, ambos na UNESP/ Campus de Marília. É amante das artes, feminista, bailarina de dança oriental e cigana, com experiência de cantora nos gêneros musicais de música popular brasileira e pop rock e também poetisa, utiliza sua atuação militante e científica com o objetivo de dar voz às mulheres que sofrem diariamente os mais diversos tipos de violência.

Ana Paula Romano

Mestre em Políticas Educacionais, Gestão de Sistemas e Organizações, Trabalho e Movimentos Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências (PPGE), da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília/SP. Orientador: Prof. Dr. Carlos da Fonseca Brandão.

Andressa Cristina Molinari

Formada em Letras estrangeiras modernas e Pedagogia pela Universidade Estadual de Londrina, especialista em formação de professores de Línguas pela Universidade Estadual de Maringá, Mestre em Estudos da Linguagem e doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Londrina. Atualmente é professora colaboradora na área de formação inicial de continuada de professores de Inglês da Universidade Estadual de Londrina, e professora da rede Estadual de ensino na cidade de Londrina. Seus interesses de pesquisa situam-se nas áreas de educação e formação de professores de Línguas Inglesa.

Arilda Ines Miranda Ribeiro

Doutora em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1987 e 1993), Livre-Docente em Estrutura e Funcionamento da Educação Básica (2000) e Professora Titular em História da Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2012). Criou em 2003 o NUDISE-Núcleo de Diversidade Sexual em Educação e em 2015 o GPECUMA-Grupo de Pesquisa em Educação, Cultura, Memória e Arte (FCT/UNESP). Fez parte da Pesquisa sobre Homosuicídio (Unesp Assis)do programa Dst/Aids (Ministério da Saúde) e atuou no GDE (Gênero e Diversidade na Educação-UaB/Unesp-Rio Claro). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação e da Formação de Professores no Brasil, principalmente nos seguintes temas: formação de professores presenciais e EaD, diversidade sexual, gênero, história da educação, história das instituições escolares e em gestão educacional. Possui diversos livros e artigos publicados sobre Educação Feminina, Gestão Educacional e História das Instituições Escolares. Aposentou-se do Curso de Graduação em Pedagogia (1992-2016), da Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) no Programa de Educação da FCT-Unesp (2001-2019), e hoje atua como membro do Instituto Histórico e Genealógico de Campinas- SP.

Cyntia Graziella Guizelim Simões Girotto

Livre-docente em Leitura e Escrita pela Universidade Estadual Paulista (2016). Pós-doutorado em Leitura e Literatura Infantil pela Universidade de Passo Fundo (2015). Doutora em Educação pela Unesp (1999). Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1995). Pedagoga pela Faculdade de Filosofia e Ciências - Unesp - Marília (1992). Desde 2000 é professora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Câmpus de Marília, junto ao Departamento de Didática, onde integra o corpo docente da graduação em Pedagogia, ministrando aulas de Prática de Ensino e Estágio Supervisionado da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Compõe, na mesma unidade universitária, o quadro de orientadores do programa de Pós-Graduação em Educação, liderando linha de pesquisa do grupo PROLEAO "Processos de leitura e de escrita: apropriação e objetivação". Participa de mais dois grupos de pesquisa "Implicações Pedagógicas da Teoria Histórico-Cultural" (Unesp - Marília) e "Formação de professores e as relações entre as práticas educativas em leitura, literatura e avaliação do texto literário” (Unesp - Presidente Prudente). Integra, ainda, o grupo de pesquisadores do CELLIJ (Centro de Estudos em Leitura e Literatura Infantil e Juvenil). É orientadora nos programas MINTER e DINTER.Seus estudos e pesquisas estão focados na apropriação da leitura e da escrita, com ênfase no papel da literatura infantil na formação de crianças leitoras e produtoras de textos. As articulações com a Educação Literária na infância e o aprendizado e o desenvolvimento de crianças pequenininhas e pequenas norteiam as publicações recentes de artigos em revistas, coletâneas e organização de livros. Escreveu artigos que compuseram dois livros selecionados pelo PNBE - Professor. Realizou e realiza pesquisas financiadas pela FAPESP, na linha políticas públicas e em editais especiais, bem como pelo CNPq e CAPES, como o projeto interinstitucional do Programa PROCAD (Programa Nacional de Cooperação Acadêmica).

Daniele Aparecida Russo

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual Paulista - UNESP, campus de Marília, linha de pesquisa Teoria e Práticas Pedagógicas. Mestre em Educação (2012) também pelo mesmo PPGE. Graduada em Pedagogia com habilitação em Administração Escolar (2008) pela mesma unidade da UNESP.

Jamilly Nicacio Nicolete

Bacharel e Licenciada em História pela Universidade Federal de Viçosa, Licenciada em Pedagogia, pela UNIFRAN, Mestra em História e Sociedade com ênfase em História Cultural, pela Faculdade de Ciências e Letras - UNESP, Campus de Assis, com bolsa concedida pelo CNPq e Doutora em Educação pela Faculdade de Ciências e Tecnologia - UNESP, campus de Presidente Prudente, com bolsa de Doutorado FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e Bolsista de Estágio de Pesquisa no Exterior - BEPE/ FAPESP na Universitat de València, Espanha. Durante seu Estágio de Pesquisa no Exterior ministrou aulas na disciplina de Pedagogia Social. Tem diversas publicações nacionais e internacionais relacionadas a essas temáticas. Membro do NUDISE - Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual na Educação. É palestrante e atuante em projetos nas áreas de Cidadania, Gênero, Feminismos, Políticas Públicas em Educação e Violência contra a Mulher. Presidenta da Casa Maria de Araçatuba.

Jane Soares de Almeida

Universidade Federal de São Carlos; Doutora em História e Filosofia da Educação pela USP-SP; Pós-doutora por pela Harvard University, Estados Unidos, e pela Universidad Autónoma de Barcelona, Espanha - FAPESP. Professora aposentada do Departamento de Educação da Universidade Estadual Paulista, UNESP/ Araraquara. Atuou como docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISO. Liderava o GEHE - Grupo de Estudos de História da Educação (Gehe) - Universidade de Sorocaba-SP. Pesquisadora do CNPq. Desenvolveu estudos na área de História da Educação, formação de professores, gênero e diversidade cultural. É autora de diversos trabalhos nacionais e internacionais que abrangem essas temáticas. Faleceu em 2018 depois de anos contribuindo com a História da Educação Brasileira, nos deixando com uma imensa saudade.

Jefferson Nunes de Cerqueira Guimarães

Professor com licenciatura plena em História pela Universidade do Sagrado Coração USC. Militante dos Direitos Humanos e membro da Coordenação do NUDHUC- Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília. Membro fundador do NRPPM- Núcleo de Resistência Popular Primeiro de Maio. Atuou por 9 anos como professor em Unidade Prisional lecionando e promovendo formação para as pessoas em privação de liberdade.

Jorge Luís Mazzeo Mariano

Doutor em Educação pela Universidade Estadual Paulista - Unesp (Câmpus de Presidente Prudente). Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Graduado em Pedagogia pela FCT/Unesp. Está vinculado ao Núcleo de Diversidade Sexual na Educação - Nudise, ao Grupo de Pesquisa em Educação, Cultura, Memória e Arte - Gpecuma e coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas Histórias e Memórias da Educação (Hismee). É professor do curso de Pedagogia e docente permanente do Mestrado em Educação na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS (Câmpus do Pantanal).

Luceli Calle

Atualmente Diretora de Escola Estadual, efetiva há mais de 11 anos. Possui Habilitação específica do magistério/ CEFAM (Centro de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério). Graduação em Pedagogia(2002) e Mestra em Educação(2020) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Experiência de 10 anos como Professora do Ensino Fundamental Ciclo I na Rede Municipal de Educação de Marília/SP. Recebeu a premiação de "Diretor da Paz" do Rotary Club Marília Pioneiro, por ter sido primeiro classificada no Projeto Paz nas Escolas e ter se empenhado pela paz na comunidade escolar (2013). Idealizou e coordenou Blog e Projeto Igualdade de gênero/Respeito à Diversidade com a participação de toda bem como da comunidade/2016 e 2017.Coordenou o Minicurso: "Promovendo o respeito à diversidade e a igualdade de gênero na escola", no Evento " XIII Semana da Mulher - Mulheres e gênero: olhares sobre a educação, mídia, saúde e violência", UNESP-Marília (2017). Coordenou Curso de extensão "Respeito as mulheres e diversidade na escola", FAIP/Marilia (2019). Faz parte do NUDHUC, bem como do grupo de estudos NUDISE, ambos UNESP/Marília. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação.

Luila Ferreira Eccheli

Bacharel em Direito (Unifipa-Catanduva) e advogada. Pesquisadora na área de Educação e gênero.

Luiz Henrique Moreira Soares

Doutorando e mestre em Letras pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Ibilce), Campus de São José do Rio Preto. Graduado em Letras/ Inglês pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus de Jacarezinho. Integrante do grupo de pesquisa Gênero e Raça da UNESP/Ibilce. Atua nas seguintes áreas: literatura contemporânea, estudos de gênero, estudos queer, narrativas de mulheres trans.

Maria de Fátima Oliveira

Graduanda do décimo termo de Direito pelo UNIVEM, membro da Comissão de pesquisa do NAPEX/UNIVEM, participante dos grupos de pesquisa NUDISE e LIEG, ambos da UNESP, e membro do NUDHUC/UNESP. Pesquisa gênero e direitos humanos.

Mariângela Spotti Lopes Fujita

Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista (Unesp) concluiu o doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo em 1992. Realizou concurso público de Análise Documentária e Linguagens alfabéticas documentais pela Faculdade de Filosofia e Ciências Unesp - Marília em 2003 e como Titular em Indexação em 2010. Atualmente desenvolve atividades de pesquisa com bolsa de Produtividade em Pesquisa nível 1B do CNPq. É membro das sociedades científicas de sua especialidade: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação - ANCIB e Capítulo Brasileiro da International Society for Knowledge Organization-ISKO, no Brasil e no exterior, International Society for Knowledge Organization - ISKO. Foi assessora do comitê da área de Comunicação, Artes e Ciência da Informação do CNPq. É assessora ad hoc de agências e participa como revisor e membro de Comitês Científicos de revistas científicas em Ciência da Informação no Brasil e no exterior. Participou do grupo de pesquisadores que criou e implantou o Instituto de Políticas Públicas de Marília (IPPMar) e Rede Mulheres Vivas da Faculdade de Ciências - Campus de Marília. Atualmente é membro do Conselho e também gestora do Portal de Periódicos Eletrônicos da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp - Marília.

Matheus Estevão Ferreira da Silva

Membro do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília (NUDHUC). Pedagogo pela FFC/UNESP/Marília, Mestrando em Educação pelo PPGE da FFC/UNESP/Marília e Graduando em Psicologia pela Faculdade de Ciências e Letras (FCL/UNESP), Campus de Assis. Integrante do NUDISE – Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual na Educação, e do GEADEC – Grupo de Estudos e Pesquisas em Aprendizagem e Desenvolvimento na Perspectiva Construtivista.

Nilma Renildes da Silva

Possui graduação em Licenciatura em Psicologia, em Formação de Psicólogo e em Bacharel em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1992), mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998), Especialização em Violência sexual contra Crianças e Adolescentes pela USP/SP (2000) e doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006) e continua se especializando em diversos temas ao longo dos últimos anos. Participa de diversos grupos de estudo e pesquisa, dentre eles, o da Rede Mundial Mulheres Vivas. Professora de Psicologia Social e Supervisora de Estágio em Psicologia Social e Comunitária da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Bauru/SP. Desenvolve pesquisa e extensão na área de violência doméstica contra crianças e adolescentes, violência contra as mulheres e violência nas escolas, visando a garantia de direitos humanos e a coibição do uso da violência nas relações sociais. O trabalho com esses temas é feito a partir da intersecção necessária entre raça, gênero e classe.

Plínio Antônio Britto Gentil

Doutor em Educação e em Direito. Professor universitário de Direitos Humanos (PUC-SP). Procurador de Justiça no Estado de S. Paulo. Membro do Grupo de Pesquisa Educação e Direito da UFSCar.

Rosane Michelli de Castro

Mestre (2000) e Doutora (2005) em Educação - Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE – da Faculdade de Filosofia e Ciências – FFC – UNESP-Marília. Pós-Doutorado (2010) - Fundação Carlos Chagas – SP. Professora Assistente Doutora junto ao Departamento de Didática e junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE – da Faculdade de Filosofia e Ciências – FFC – UNESP-Marília. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisas “HiDEA-Brasil – História das disciplinas escolares e acadêmicas no Brasil”, e membro integrante do Grupo de Pesquisa “GP FORME - Formação do Educador”, ambos da Faculdade de Filosofia e Ciências – FFC – UNESP-Marília. Também é membro integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre cultura e Instituições escolares – GEPCIE, da Faculdade de Ciências e Letras – FCLAr – UNESP-Araraquara e do Instituto de Políticas Públicas de Marília – IPPMar.

Rosiney Aparecida Lopes do Vale

Graduada em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp/Assis (2000), mestre em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho -Unesp/Assis (2005), doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp/Marília (2015). Atualmente é professora adjunta dos cursos de Letras (Português/Inglês e Português/Espanhol) do Centro de Letras, Comunicação e Artes da Universidade Estadual do Norte do Paraná, campus de Jacarezinho. É integrante do Grupo de Pesquisas Preservação dos Bens Culturais: História, Memória, Identidades e Educação Patrimonial da UENP/CJ, do Núcleo de estudos afro-brasileiros e indígenas (Neabi) - UENP e da Comissão de Acompanhamento das Ações Afirmativas (Caaf) - UENP. Atua, principalmente, na área de Letras e da Educação com ênfase na Formação inicial e continuada de Professores, Estudos afro-brasileiros, Políticas Educacionais e curriculares, Linguística Aplicada, Língua Portuguesa e Língua Latina.

Rui Amadeu Bonde

Possui graduação em ensino de História e Geografia pela ex- Universidade Pedagógica (UP) Maputo - Moçambique (2005), MESTRE em Ciências, em Políticas Públicas Estratégias e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro no Instituto de Economia UFRJ/IE (Brasil), (2016), Doutorando em educação desde 2018, no Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo ( FE-USP), na área de concentração Estado, Sociedade e Educação, tem experiência na área de educação desde 2003 como professor do ensino médio e Universitário, em Maputo (Moçambique).

Sandra Aparecida Pires Franco

Possui Graduação em Letras pela UEM, Graduação em Pedagogia, Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (2003), Doutorado em Letras na UEL(2008) e Pós-Doutorado em Educação pela UNESP de Marília - SP (2016). Tem experiência na área de educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Leitura e Educação, leitura, ato de ler, ensino e aprendizagem, literatura, planejamento e teorias pedagógicas. O Doutorado em Letras na UEL foi centrado nos Estudos Literários, Linha de Pesquisa Cânones, Ideias e Lugares. É líder do Grupo de Pesquisa Leitura e Educação: práticas pedagógicas na perspectiva da Pedagogia Histórico-Crítica. Faz parte do Grupo de Pesquisa PROLEAO - Processos de leitura e Escrita: apropriação e objetivação da UNESP - Campus Marília - SP e do projeto PROCAD 2014. Foi professora QPM de Língua Portuguesa até 2010 e PDE- 2007. É professora adjunto do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina - UEL, na área de Didática e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação - UEL. Foi coordenadora do Projeto OBEDUC: A práxis pedagógica: concretizando possibilidades para a prática pedagógica na Universidade Estadual de Londrina e bolsista OBEDUC e atualmente é coordenadora do projeto leitura e atividade de estudo: práticas pedagógicas com a leitura literária na Educação Básica. É integrante do Comitê Assessor de Área de Ciências Humanas (CAAs) da Fundação Araucária no período de 2020 a 2024.

Sandra Mara Pereira dos Santos

Pós-doutoranda, com bolsa, junto ao Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais na UEM. Possui Doutorado (2015), Mestrado (2007) e Graduação (2001) em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Marília). Atua principalmente com os seguintes temas: Hip-Hop, Rap, Periferias, Relações Étnico-Raciais, Relações de Gênero, Sociologia e Antropologia das Emoções, Conjugalidades inter-raciais e entre pessoas negras, Interseccionalidade de gênero, cor/raça e classe social e Feminismo Negro. Tem experiência como pesquisadora e professora de Antropologia no ensino superior e de Sociologia, História e Geografia no ensino fundamental e médio.

Silvana Paulina de Souza Souza

Professora efetiva da Universidade Federal de Alagoas - Campus Maceió, setor de Planejamento, Currículo e Avaliação. Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - Ufal/Maceió. Possui graduação em Educação Artística pela Universidade de Marília (1991), graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994), Mestrado (2009) e doutorado (2013) em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Educação com ênfase na sala de aula, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria histórico-cultural, educação, ensino - aprendizagem, leitura e escrita, prática pedagógica e projetos pedagógicos.

Stela Miller

Doutorado em Ensino na Educação Brasileira pela Faculdade de Filosofia e Ciências - Unesp - Campus de Marília (1998). É docente aposentada do Departamento de Didática da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp – Campus de Marília (SP) e professora voluntária do programa de Pós-Graduação em Educação na mesma Instituição. É membro do Grupo de Pesquisa “Implicações pedagógicas da teoria histórico-cultural”. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa (Fundamental I). É coordenadora da Oficina de Leitura da UNATI – Universidade Aberta à Terceira Idade – da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp – Campus de Marília (SP).

Suelen Cristina Landi Ramos

Graduada em Psicologia pela Universidade de Marília (UNIMAR). Já atuou como coordenadora do Grupo de Estudos em Psicologia Social da UNIMAR, mediou palestras acerca das temáticas: Direitos Humanos, gênero, sexualidades e educação na Universidade Estadual Paulista (UNESP/FFC). Atualmente, trabalha como psicóloga clínica de orientação psicanalítica. Desenvolve estudos com ênfase em Psicologia Social e Psicanálise.

Talita Santana Maciel

Pedagoga pela FFC/UNESP/Campus de Marília. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UNESP-FFC-Campus de Marília. Integrante do Grupo de Pesquisa e Estudos NUDISE – Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual na Educação. Professora da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de Marília. Pedagoga pela FFC/UNESP/Marília, Mestra e Doutoranda em Educação pelo PPGE da mesma instituição.

Thais Emília de Campos dos Santos

Doutora e mestre em Educação na Unesp. Psicopedagoga. Consultora em Educação Inclusiva, Diversidade e Educação Sexual. Presidente e fundadora da ABRAI- Associação Brasileira Intersexo. Membro da Rede de Apoio a Familia e Pessoa Intersexo “Jacob (y) Cristopher”, parceria projeto Dê Coração/ ABRAI/Unifesp. Mãe de intersexo.

Wilson Roberto Batista

Doutor e mestre em educação pelo Programa de Pós Graduação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, câmpus Marília. Licenciado em História (1998-Unesp) e Pedagogia (2004-Uniban). Professor do Programa de Pós Graduação (lato sensu) de Educação em Direitos Humanos da Universidade Federal do ABC – Santo André. Diretor de Escola de Educação Infantil da Rede Municipal marilense – EMEI Arco Íris. Coordenador do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília – NUDHUC. Agente da Pastoral Carcerária do Ede São Paulo. Membro dos grupos de pesquisa Núcleo de Gênero e Diversidade na Educação (NUDISE) e História Política e Contemporânea (UFMT).

Publicado

December 23, 2020

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Co-publisher's ISBN-13 (24)

978-65-86546-86-6

Date of first publication (11)

2020

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

Co-publisher's ISBN-13 (24)

978-65-86546-85-9

Date of first publication (11)

2020