Formação da Pedagoga e do Pedagogo: pressupostos e perspectivas

Autores

Tânia Suely Antonelli M. Brabo (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Administração e Supervisão Escolar
https://orcid.org/0000-0002-9833-0635
Ana Paula Cordeiro (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Didática
Simone Ghedini Costa Milanez (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial

Palavras-chave:

Educação - Estudo e ensino, Professores - Formação, Currículos, Práticas de Ensino

Sinopse

A partir de enfoques plurais, os vários textos reunidos neste livro exemplificam bem como as filiações teórico-conceptuais, político-ideológicas e mesmo experienciais são extremamente relevantes para introduzir nuances importantes e distintivas em termos de intensidade analítica – convergindo momentaneamente, todavia, numa preocupação comum voltada para repensar a Educação e a Pedagogia no contexto contemporâneo. A nível mais global, enquanto a Educação está sendo cerceada e cobiçada pelos interesses mais espúrios do capitalismo financeiro, que busca o lucro e acumulação sem escrúpulos, como se torna bem explícito na sua crescente mercadorização, a Pedagogia, sobretudo na sua ação mais radicalmente comprometida e progressista, parece, quase em paralelo, confinar-se aos pedagogos resilientes que continuam a acreditar nela como dispositivo de uma utopia emancipadora. É por isso que, nesta época de transições aceleradas e ambíguas, nem sempre nos damos conta da emergência dos novos pedagogos que vivem obcecados com o mensurável e quantificável (não raras vezes treinados no mundo empresarial e avessos às instituições educacionais). São estes que se mostram quase sempre ávidos por reconfigurar, desde logo, a própria noção de pedagogia, reduzindo-a a mero instrumento pragmático ao serviço de uma formação fragmentária e supostamente útil. Muito oportunamente, sobretudo em alguns textos mais críticos deste livro, são novamente convocados e discutidos os sentidos da Pedagogia e o seu lugar muito próprio no campo da prática, da reflexão e da pesquisa educacionais. De igual modo, quase transversalmente, somos convidados a retomar a discussão da especificidade do pedagógico no âmbito de um saber complexo, e numa pluralidade de contextos e lugares de trabalho – saber esse que, reatualizado em confronto com o campo mais amplo e heterogêneo das ciências da educação, não deixa, também por isso, de ser um antídoto a todo o reducionismo instrumental instalado em formações mais ao jeito de uma pedagogia anti-pedagógica e a-histórica.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Suely Antonelli M. Brabo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Administração e Supervisão Escolar

Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2003) com Pós-Doutorado em Educação pelas Universidades do Minho, Portugal (2007) e Universidade de Valência, Espanha (2012), mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista (1997). Docente do Departamento de Administração e Supervisão Escolar- Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP/Campus de Marília, membro e Coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania de Marília, membro do Comitê Gestor do Observatório de Educação em Direitos Humanos da UNESP e do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia. Autora dos livros: Cidadania da Mulher Professora (São Paulo: Icone, 2005) e Gênero e Poder Local (São Paulo: Icone, 2008).

Ana Paula Cordeiro, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Didática

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Docente do Departamento de Didática da FFC- UNESP Campus de Marília; Membro do grupo de Pesquisa GP- Forme- Formação de Professores. Atua na linha de pesquisa: “Educação Infantil e Formação de Professores”. Coordenadora dos Projetos LUDIBUS- o ônibus da Alegria” e das “Oficinas de Teatro da UNATIUNESP de Marília”.

Simone Ghedini Costa Milanez, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Educação Especial

Graduação em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Docente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Capus de Marília/SP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, e atua, principalmente, nos seguintes temas: educação inclusiva; Educação Especial; necessidades educacionais especiais; deficiências auditiva e intelectual. Tem experiência no Ensino à Distância na formação continuada de professores no ensino de LIBRAS e no Atendimento Educacional Especializado.

Ana Carolina Galvão Marsiglia , Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Educação, Departamento de Teorias do Ensino e Práticas Educacionais

Pedagoga formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP, Bauru), doutora em Educação Escolar pela mesma universidade (campus de Araraquara), docente do Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). É líder do grupo de pesquisa “Pedagogia histórico-crítica e educação escolar”, membro do Núcleo de Educação Infantil (NEDI-UFES), do Núcleo de Estudos sobre o Trabalho (NET-UFES) e do Grupo de Pesquisa “Estudos Marxistas em Educação”. Em 2011 publicou o livro “A prática pedagógica histórico-crítica na educação infantil e no ensino fundamental” e organizou a coletânea “Pedagogia histórico-crítica: 30 anos”, ambos pela editora Autores Associados. Em 2012, organizou com Eraldo Leme Batista, pela mesma editora, o livro “Pedagogia histórico-crítica: desafios e perspectivas para uma educação transformadora”.

Bruno Pucci , Universidade Metodista de Piracicaba, Faculdade de Ciências Humanas, Programa de Pós Graduação Em Educação

Professor titular aposentado da UFSCar e professor titular do PPGE/UNIMEP. Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa “Teoria Crítica e Educação” e bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq, nível 1B. Publicou vários artigos, livros e capítulos de livros, com destaque para “Teoria Crítica e Educação: a questão da formação cultural na Escola de Frankfurt” (Organizador), “Adorno: o poder educativo do pensamento crítico” (em parceria com Antônio Zuin e Newton Ramos-deOliveira), “Dialética Negatica, Estética e Educação” (Organizador) e “Teoria Crítica e Inconformismo: novas perspectivas de pesquisa” (Organizador). Suas temáticas atuais de Pesquisa: “Teoria Crítica e Educação”; “Novas Tecnologias e Educação” e “Estética e Educação”.

Celestino Alves da Silva Junior, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Administração e Supervisão Escolar

Professor Titular (aposentado) do Departamento de Administração e Supervisão Escolar da Unesp. Foi Chefe do Departamento, professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesp, campus de Marília. Foi também Professor Associado do Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada da Feusp e professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da USP. Autor, entre outras obras, de A Escola Pública como Local de Trabalho (Ed. Cortez).

Claudia Regina Mosca Giroto, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília

Graduação em Fonoaudiologia pela Facudade de Filosofia e Ciências - FFC/Campus de Marília da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Mestrado e doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC/UNESP. Coordenadora do Projeto de Implantação do Centro de Formação, Extensão e Pesquisa em Inclusão – CEFEPI. Docente do Departamento de Educação Especial da FFC/UNESP/Campus de Marília junto ao Curso de Pedagogia da FFC/UNESP. Atua, principalmente, com os seguintes temas: Fonoaudiologia Educacional; linguagem escrita; interdisciplinariedade saúde-educação; Educação Inclusiva; Educação Especial. Possui experiência como Professora Pesquisadora em Formação Continuada para Formação de professores em Educação Especial e em Atendimento Educacional Especializado, na modalidade de Educação a Distância (Convênio SEESP/MEC). Membro do grupo de pesquisa “Diferença, Desvio e Estigma”/CNPq. Possui diversas publicações na área, com destaque para: GIROTO, C. R. M. ; POKER, R. B.; OMOTE, S. (Org.) . As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas. São Paulo: Cultura Acadêmica/FEU/UNESP e Oficina Universitária, 2012. v. 1. 238; e OLIVEIRA, A. A. S; OMOTE, S. ; GIROTO, C. R. M. (Org.). Inclusão Escolar: as Contribuições da Educação Especial. Marília: Cultura Acadêmica Editorial, 2008. v. 01. 284pp.

Christine Barbosa Betty, Universidade Federal de São Paulo, Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde - CEDESS

Doutora em Educação pela UNIMEP. Professora do Centro de Ciências Humanas da UNIFOR. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSP- Guarulhos.Participante de Grupo de Pesquisa Teoria Crítica e Educação – UNIMEP.

Cristiane Regina Xavier Fonseca-Janes, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília

Possui graduação em Pedagogia, com habilitação em Educação Especial, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999), mestrado em Filosofia, área de concentração Filosofia da Mente e Ciência Cognitiva, pela Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília (2003) e doutorado em Educação, na linha de pesquisa em Educação Especial no Brasil, pela mesma universidade (2010). Pós-doutoranda pelo grupo de pesquisa “Diferença, Desvio e Estigma” (atual). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: pesquisa em educação especial, educação, formação de educadores, educação especial, estudos sobre educação inclusiva, formação de conceitos e filosofia. Possui publicação: em periódicos, FONSECAJANES, Cristiane Regina Xavier. A percepção dos estudantes do curso de pedagogia sobre educação inclusiva. Revista FAEEBA, v. 16, p. 89-96, 2007; em capítulos de livros, FONSECA-JANES, Cristiane Regina Xavier. Análise comparativa da percepção dos estudantes do curso de pedagogia sobre a educação inclusiva. In: Maria Cristina Marquezine; Educardo Manzini; Rosângela Marques Busto; Eliza Dieko Oshiro Tanaka; Dirce Shizuko Fujisawa. (Org.). Re´discutindo a inclusão. 1 ed. Londrina: ABPEE, 2009, v. 4, p. 67-77 e FONSECA-JANES, Cristiane Regina Xavier . Educação Inclusiva: a visão de futuros profissionais da educação. In: Eduardo José Manzini. (Org.). Inclusão do aluno com deficiência na escola: os desafios continuam. 1 ed. Marília: ABPEE/FAPESP, 2007, v. 1, p. 101-112 e trabalhos completos em anais de congressos e simpósios.

José Carlos Libâneo, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO

Doutor em Filosofia e História da Educação pela PUCSP, com Pós-Doutorado pela Universidad de Valladolid, Espanha. Professor Titular no Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Coordenador do Grupo de Pesquisa/CNPq Teorias da Educação e Processos Pedagógicos. Atua na linha de pesquisa Teoria Histórico-Cultural, desenvolvendo estudos integrados sobre teoria da educação, didática, organização e gestão da escola e objetivos e funcionamento da escola pública.

Luciene Regina Paulino Tognetta

Doutora pelo Instituto de Psicologia USP tendo cursado parte do doutorado na Universidade de Genebra, Suíça. Pós doutorado em andamento pela Universidade do Minho (Portugal). Membro do Laboratório de Psicologia Genética da Faculdade de Educação da Unicamp e do GEPEM – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral da Unesp. Autora dos livros “A construção da solidariedade e a educação do sentimento na escola”; ”A formação da personalidade ética” e do livro “Perspectiva ética e generosidade” pela Editora Mercado de Letras. Autora também do livro “Quando a escola é democrática – Um olhar sobre a prática das regras e assembleias na escola” juntamente com Telma Vinha e organizadora da coleção “Cenas do cotidiano escolar” e da coleção “Desconstruindo a violência na escola” pela mesma editora. Autora dos livros de Literatura Infantil da coleção “Falando de sentimentos” e da Coleção “Pode ou não pode ? pela Editora Adonis. Pela editora do Brasil organizou em coautoria o livro “É possível superar a violência na escola? Construindo caminhos pela formação moral”.

Telma Vinha, Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação

Pedagoga, doutora em educação na área de psicologia, desenvolvimento humano e educação pela Faculdade de Educação da Unicamp e professora do departamento de psicologia educacional desta mesma instituição. Realiza pesquisas na área das relações interpessoais e o desenvolvimento moral, sendo membro do Laboratório de Psicologia Genética da Unicamp e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Moral da Unesp. Organizadora da coleção “Educação e psicologia em debate” e autora do
livro “O educador e a moralidade infantil: uma visão construtivista”, ambos pela editora Mercado de Letras. Pela mesma editora e em parceria com Luciene Tognetta publicou o livro “Quando a escola é democrática: um olhar sobre aa prática de regras e assembleias na escola”, organiza uma coleção “Desconstruindo a violência na escola: Os meus, os seus e os nossos bagunceiros” e um livro “Conflitos na instituição educativa. Perigo ou oportunidade?”. Pela editora do Brasil organizou em coautoria o
livro “É possível superar a violência na escola? Construindo caminhos pela formação moral”.

Vandeí Pinto da Silva, l Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Didática

Licenciado em Filosofia pela UNISAL. Especialista em Metodologia do Ensino de 1º Grau, Mestre e Doutor em Educação pela UNESP. Docente vinculado ao Departamento de Didática da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP, onde exerceu chefia departamental e coordenou o Curso de Pedagogia. Pesquisa sobre o ensino de filosofia no ensino básico, com ênfase em ensino e aprendizagem e filosofia da educação. É membro do Núcleo de Estudos e Práticas Pedagógicas - NEPP da UNESP.

Mara Yáskara Nogueira Paiva Cardoso

Docente do ensino superior. Doutoranda em Educação com pesquisa sobre a formação docente para a tutoria a distância. Mestre em Educação, Administração e Comunicação. MBA em Gestão Estratégica e Universitária. Especializações em Educação a Distância, Educação Especial e Análise de Sistemas. Consultora ad hoc MEC/INEP. Conselheira de Qualidade da ABED. Vivência profissional acadêmica e artigos, capítulos de livros e trabalhos publicados sobre educação a distância, no uso da tecnologia na educação, e na tecnologia na educação especial. 

Maria Socorro Lucena Lima, Universidade Estadual do Ceará, Centro de Educação, Departamento de Métodos e Técnicas Em Educação

Graduada em Letras (1971) e em Pedagogia (1978) pela Universidade Regional do Cariri - URCA, mestre em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará - UFC (1995), doutora em Educação na àrea de Didática, Teorias de Ensino e Práticas Escolares pela Universidade de São Paulo - USP (2001) com Pós-doutorado em Educação junto ao departamento de Metodologia de Ensino e Educação Comparada pela Universidade de São Paulo (USP-2007), com estágio na Universidade do Minho- Portugal. Pertence ao Mestrado Acadêmico em Educação como professora e pesquisadora e leciona Didática Geral nos cursos de licenciatura em Ciências Sociais, Música e Filosofia da UECE. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Didática e Estágio, atuando e publicando principalmente no campo do Estágio curricular Supervisionado, trabalho docente, práticas escolares, docência no ensino superior e formação continuada. Atualmente, coordena a linha de Pesquisa: Docência no Ensino Superior e na Educação Básica, é líder do GEPEFE - Fortaleza e professora adjunta da Universidade Estadual do Ceará.

Maristela Angotti, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara, Departamento de Didática

Profª Drª do Departamento de Didática /FCL/UNESP/Araraquara Pós-Doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela/Espanha, Didática/Formação de Professores. Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos Pedagogia pela antigo ILCSE, hoje Faculdade de Ciências e Letras da UNESP/Araraquara. Líder do Grupo de Pesquisa Educação Infantil: aprendizagem e desenvolvimento profissional em contextos integrados- GPEI que agrega ainda o Grupo de Estudos em Educação Infantil- GEEI e o projeto de extensao Escola Livre para Educadores Profissionais e Leigos. Autora, co-autora e organizadora de várias publicações.

Rosimar Bortolini Poker, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília

Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho– UNESP/Faculdade de Filosofia e Ciêncis – FFC/Campus de Marília/SP. Mestrado e Doutorado em Educação pela FFC/UNESP/Campus de Marília/SP. Docente da FFC/UNESP/Campus de Marília/SP. Membro do grupo de pesquisa “Grupo de Estudos de Epistemologia genética e Educação” - GEPEGE, cadastrado no CNP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Inclusiva, Educação Especial, formação de professores, ensino e aprendizagem do aluno com surdez e organização de sistemas educacionais inclusivos. Possui diversas publicações na área, com destaque para: GIROTO, C. R. M. ; POKER, R. B.; OMOTE, S. (Org.) . As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas. São Paulo: Cultura Acadêmica/FEU/UNESP e Oficina Universitária, 2012. v. 1. 238.

Selma Garrido Pimenta, Universidade de São Paulo, Faculdade de Educação

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1965), mestrado em Educação: Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1979) e doutorado em Educação: Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985). Atualmente é Professor Titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FE - USP. Coordena (em parceria) o GEPEFE - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Formação do Educador desde 1989, junto ao programa de Pós Graduação em Educação - FEUSP. Foi coordenadora do Programa de Pós Graduação em Educação na FE-USP (1997/99) e Diretora da FE-USP (2002 - 2005). Foi Pró Reitora de Graduação da USP (2006 - 2009). Atuou como Membro do Comitê de Avaliação da área de Educação junto à CAPES (2001-2003). É Membro do GT Didática da ANPEd - Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Educação, do qual foi coordenadora (1996 - 1999) e representou-o como Membro do Comitê Científico da ANPEd (por quatro anos). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, didática, pedagogia e pesquisa educacional. As pesquisas mais recentes são no campo da Pedagogia Universitária e Docência no Ensino Superior. É Pesquisador 1 A CNPq.

Publicado

February 1, 2012

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-258-1

Date of first publication (11)

2012

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 10mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas