Políticas educacionais, gestão democrática e movimentos sociais: Argentina, Brasil, Espanha e Portugal

Autores

Neusa Maria Dal Ri (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília
https://orcid.org/0000-0002-3000-2280
Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Palavras-chave:

Educação e Estado, Autodeterminação (Educação), Movimentos sociais

Sinopse

É uma coletânea de estudos de notável originalidade. Reunidos na forma de capítulos, esses estudos versam sobre temas distintos que, a despeito de suas especificidades, convergem de muitas maneiras. Do ponto de vista acadêmico, trata-se de obra relevante em seu conjunto, que pode estimular novos estudos e pesquisas, bem como o aprofundamento das temáticas apresentadas. Essas qualidades são mais do que suficientes para justificar a sua divulgação e disseminação para a comunidade acadêmica e pessoas interessadas como um todo. (Lalo Watanabe Minto - Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNICAMP).

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Neusa Maria Dal Ri, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Professora Livre-Docente III da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosoia e Ciências, Campus de Marília, Brasil, e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação. Realizou Doutorado em Educação na Universidade de São Paulo (USP) e Pós-Doutorado na Universidade do Minho, Portugal. É editora da Revista ORG&DEMO, líder do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia e Bolsista PQ do CNPq. Publicou os livros: “Trabalho associado: cooperativas e empresas de autogestão” e “Educação democrática e trabalho associado no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e nas fábricas de autogestão”, dentre outras publicações. 

Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Docente do Departamento de Administração e Supervisão Escolar, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília. Possui mestrado em Educação pela UNESP, doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo, pós-doutorado em Educação pela Universidade do Minho, Portugal, realizado em 2007 e pós-doutorado em Educação pela Universidade de Valência, Espanha, realizado em 2012. Investigadora visitante no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, em 2007. Autora dos livros “Cidadania da mulher professora” e “Gênero e poder local”.

Candido Giraldez Vieitez

Sociólogo, docente do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Filosoia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília, Brasil, Faculdade da qual foi Diretor. Realizou Pós-Doutorado na Universidad Complutense de Madrid, Espanha. Autor dos livros: “Os professores e a organização da escola”; “Trabalho associado: cooperativas e empresas de autogestão” e “Educação democrática e trabalho associado no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e nas fábricas de autogestão”, dentre outras publicações.

Erika Porceli Alaniz

Docente do Curso de Mestrado em Educação da Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, Brasil. Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Parecerista ad doc da revista Org&Demo da FFC – UNESP, e da Coloquium Humanarium da Unoeste de Presidente Prudente. Pós-doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosoia e Ciências – UNESP, Campus de Marília, com bolsa do CNPq. Experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional e Administração escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão democrática; educação e trabalho; formação proissional; trabalho associado e autogestão.

Fernando Marhuenda Fluixá

Doctor en Filosofía y Ciencias de la Educación y Profesor Catedrático de Didáctica y Organización Escolar en la Universitat de València, Espanã. Sus intereses de investigación se centran en las relaciones entre educación y trabajo, formación profesional, transiciones de la juventud a la vida adulta y formación, empleo e inclusión social de personas en situación de riesgo.

Griselda Alfaro

Doctora en Humanidades, en Área de Derecho y Abogada. Docente de la Facultad de Derecho y Ciencias Sociales, Universidad Nacional de Tucumán, Argentina. Becaria Perfeccionamiento Salud Investiga, Ministerio de Salud de la Nación Argentina.

Henrique Tahan Novaes, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Docente da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosoia e Ciências, Campus de Marília, Brasil. Professor do Programa de Pós Graduação em Educação. Autor dos livros: “O fetiche da tecnologia: a experiência das fábricas recuperadas”, Expressão Popular/Fapesp, 2007; “O retorno do caracol à sua
concha: alienação e desalienação em cooperativas e associações de trabalhadores”, Expressão Popular, 2010; e “Reatando um io interrompido: a relação universidade movimentos sociais na América Latina”, Expressão Popular/Fapesp, 2012.

Ignacio Martínez Morales

Doctor en Sociología y profesor en el Departamento de Sociología y Antropología Social de la Universitat de València, Espanã. Ha participado en diferentes proyectos de I+D y publicaciones en torno a proyectos de intervención socioeducativa con jóvenes en situación de vulnerabilidad social, así como sobre el abandono escolar temprano y las políticas educativas desde las que afrontarlo. Su labor docente se centra en el ámbito de la Sociología de la Educación.

Joan Carles Brenad I Garcia

Doctor en Psicología Social y Psicología de las Organizaciones y Profesor en el Departamento de Psicología Social de la Universitat de Valéncia, Espanã. Está interesado en la comprensión de fenómenos sociales como la coniguración de la identidad desde una mirada sociohistórica y socioconstruccionista, y los procesos de vulnerabilidad y exclusión social. Ha participado en diversos proyectos de investigación centrados en poblaciones en situación de riesgo social.

Mariángeles Molpeceres Pastor

Doctora en Psicología Social y profesora en el Departamento de Psicología Social de la Universitat de València, Espanã. Sus intereses de investigación se centran en torno a las cuestiones de construcción de la identidad por medio de la interacción y a las herramientas emergentes de participación e intervención social en el mundo contemporáneo. Ha participado en diversos proyectos relacionados con las trayectorias de inserción en poblaciones vulnerables.

Roberto Mario Elisalde

Profesor e investigador de la Facultad de Filosofía y Letras de la Universidad de Buenos Aires, Argentina. Doctor en Historia. Postdoctorado en Educación en la Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília, Brasil. Director del Programa de Investigación, docencia y articulación social: movimientos sociales y educación popular (PIMSEP-FFyL-UBA). Integrante y co-fundador de la Cooperativa de Educadores e Investigadores Populares (CEIP), organización fundadora de los Bachilleratos Populares. Autor del libro “Trabajadores y educación en Argentina".

Publicado

May 22, 2015

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-682-4

Date of first publication (11)

2015

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 10mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas