Políticas e práticas pedagógicas em atendimento educacional especializado

Autores

Maria Izaura Cação (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP/Campus Marília, Departamento de Didática.
Sandra Helena Escouto de Carvalho (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Didática.

Palavras-chave:

Educação especial, Inclusão em educação, Políticas Públicas, Práticas de Ensino

Sinopse

A Coleção intitulada Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva trata-se de uma obra constituída por seis volumes que tem por finalidade retratar, nacionalmente, os melhores trabalhos de monografias apresentados no Seminário Presencial Atendimento Educacional Especializado na Educação Inclusiva: possibilidades e desafios do Séc XXI, do curso de Especialização em Atendimento Educacional Especializado, na perspectiva da educação inclusiva. Esse curso, realizado na modalidade a distância (Lato Sensu) pelo Departamento de Educação Especial, da Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP – Câmpus de Marília/SP, foi financiado com recursos da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão - SECADI, sob interveniência da Fundação de Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, Universidade Aberta do Brasil – UAB e Ministério da Educação – MEC.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Apoio:

Logo_e-book_-_Capes1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Izaura Cação, Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP/Campus Marília, Departamento de Didática.

Doutora e Mestre em Educação, Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP. Professora Assistente
Doutora da Universidade Estadual Paulista, Júlio de Mesquita Filho, campus Marília, Faculdade de Filosofia e
Ciências,

Sandra Helena Escouto de Carvalho, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Didática.

Doutora em Educação. Professora Assistente da UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita
Filho”. Faculdade de Filosofia e Ciências – Campus de Marília.

Érika Rosa Rodrigues Ribeiro

Graduada em Pedagogia, Universidade Cruzeiro do Sul/ UNICSUL. Extensão Universitária: PROEPRE: Fundamentos Teóricos e Prática Pedagógica para a Educação Infantil, Universidade Estadual de Campinas/
UNICAMP, Pós-Graduação (em andamento) em Atendimento Educacional Especializado, Universidade Estadual Paulista/UNESP,

Welita Gomes de Almeida

Professora da Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, SEDUC, Gurinhém,
PB, Brasil.

Cristiane Moço Canhetti Oliveira

Professora Assistente Doutora do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Filosofia e Ciências da
Universidade Estadual Paulista, UNESP, Marília, SP, Brasil;

Claudia Simone Tanaka Ricci

Pedagoga. Especialização em Atendimento Educacional Especializado (AEE), da UNESP– Campus Marília
(SP), Brasil. Diretora da EMEI “Estrelinha Dourada”, Marília (SP), Brasil.

Rossana Ribeiro Ramires

Fonoaudióloga. Mestre em Fonoaudiologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Especialização em Motricidade Orofacial, CEFAC- Pós-Graduação em Saúde e Educação, São Paulo (SP), e
em Saúde Pública, Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL), São Paulo (SP). Professora Pesquisadora II e Orientadora do Curso de Especialização em Atendimento Educacional Especializado (AEE) da UNESP- campus Marília (SP), Brasil.

Márcia Raimunda de Jesus Moreira da Silva

Pedagoga/UNEB; Especialista em Educação Especial/UEFS; Analista Universitária/UNEB.

Maria Lívia Pereira dos Santos

Licenciada em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS; Professora de História da rede estadual da Bahia;

Katia Aparecida Cibas

Especializada em Atendimento Educacional Especializado pela Universidade Federal do Ceará – UFC e
professora da rede municipal de ensino de Suzano SP.

Edvaldo Soares

Doutor em Neurociências pela Universidade de São Paulo – USP e docente do Departamento de Psicologia
da Educação da FFC – Unesp – Marília SP.

Alberto Melquíades da Silva Filho

Pedagogo; Discente do Curso de Especialização em Atendimento Educacional Especializado – AEE, pela
Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

Elieuza Aparecida de Lima

Doutora em Educação; Professora Assistente Doutora da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp –
Campus de Marília, SP.

Laudecir Medeiros dos Santos Lucena

Graduada em Pedagogia pela UFRN- CAMPUS de Caicó. Professora na Escola Municipal Padre Joaquim
Félix de São João do Sabugi.

Edilene Machado Pereira

Doutoranda em Sociologia pela UNESP; Mestra em Antropologia pela PUC/SP; Especialista em Metodologia
de Ensino e Pesquisa.

Claudia Regina Mosca Giroto

Possui graduação em Fonoaudiologia, pela Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC/Campus de Marília, da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1993), mestrado (1998) e doutorado (2006) em Educação, pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC)/UNESP/Campus de Marília/SP. Docente do Departamento de Educação Especial/Curso de Pedagogia; do curso de especialização em Formação de Professores em Educação Especial: apoio à escola inclusiva; e dos Programas de Pós-Graduação em Educação da FFC/UNESP/Campus de Marília/SP e em Educação Escolar, da Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr)/UNESP/Campus de Araraquara/SP. Possui experiência nas áreas de Educação e Saúde (Fonoaudiologia, Educação Inclusiva e Educação Especial). Atua, principalmente, com os seguintes temas: educação inclusiva; educação especial; interdisciplinaridade saúde e educação; fonoaudiologia educacional; linguagem escrita; surdez; inclusão e desmedicalização da educação. Coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Inclusão e Desmedicalização da Educação (LIDE), vinculado ao Departamento de Educação Especial da FFC/UNESP/Campus de Marília/SP. Vice-líder do "Grupo de Estudos e Pesquisas em Atividade e Desenvolvimento Infantil - GEPADI" (FFC/UNESP/CNPq). Colaboradora do grupo de pesquisa interinstitucional "Linguagem, cognição e audição: implicações para saúde e educação (UFSC - Linguística/CNPq). Pesquisadora colaboradora do Projeto em Rede OBEDUC/CAPES/MEC/FFC/UNESP "Acessibilidade no ensino superior" (2012-2016). Coordenadora dos 3º e 4º Anexos ao Acordo de Cooperação Internacional entre a UNESP e a Universidade de Alcalá/Espanha (2013-2015). Supervisora fundadora do Centro de Formação, Extensão e Pesquisa em Inclusão (CEFEPI) da FFC/UNESP/Campus de Marília/SP. Possui experiência como Professora Pesquisadora em Formação Continuada para professores na modalidade de educação a Distância (Convênio SEESP/MEC/FFC/UNESP). Membro da Diretoria da Associação Brasileira de Alfabetização - ABAlf Tesoureira (2013/2014). Membro do Conselho Fiscal da ABAlf (2015/2016).

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins

Pedagoga e Doutora em Educação. Professora assistente doutora do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, Campus de Marília. Concluiu Pós-doutorado no Programa de Lingüística da Universidade Federal de São Carlos. É integrante do Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso -GEGe. Coordenadora do Laboratório de Linguagem e Surdez - Lalis - Unesp e do projeto de pesquisa em rede financiado pelo Observatório em Educação OBEDUC - CAPES Acessibilidade no Ensino Superior (Edital No. 49 2012). Atualmente é responsável pelo Anexo de Acordo de Pesquisa Internacional entre o Programa de Pós Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista ? Campus Marília Brasil e Faculdade de Psicologia da Universidade de La Republica do Uruguai (Processo No. 418/2014). É membro da Red Interuniversitaria Latinoamericana y del Caribe sobre Discapacidad y Directos Humanos ? UNPL Argentina e do Comitê Acadêmico de Discapacidad y Accesibilidad, vinculado à Associação do Grupo de Universidades de Montevideo ? CAAyD AUGM. Atua como assessora científica de agências de fomento (CNPq, FAPESP, CAPES, Unesp, entre outras) e também de periódicos científicos. Demonstra produção de conhecimento nas áreas: Políticas Publicas, Educação Especial/Inclusiva, Formação de Professores, Educação Superior e Surdez. É vice-líder do grupo de pesquisa GEPDI Cnpq (Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão). 

Inaiara Bartol Rodrigues

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras São Marcos/Saõ Paulo-SP (1986); especialização em Psicopedagogia pela Universidade do Sagrado Coração/Bauru-SP (1996); mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Marília-SP (2000); doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Marília-SP (2007). Foi pedagoga técnica da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Marília-SP (aposentada em 2015). Atualmente é professora universitária da Universidade de Marília/Marília-SP (desde 2003). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Dificuldade de Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: Dificuldades de Aprendizagem em leitura, escrita e matemática.

Publicado

December 20, 2012

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-313-7

Date of first publication (11)

2012

Dimensões físicas

160mm x 230mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas