O Brasil, a China e os EUA: na atual conjuntura da economia-mundo capitalista

Autores

Rosângela de Lima Vieira (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília
http://orcid.org/0000-0002-5309-6005

Palavras-chave:

Relações econômicas internacionais, Capitalismo, Brasil – Condições econômicas, China – Condições econômicas, Estados Unidos – Relações econômicas exteriores

Sinopse

A análise dos sistemas-mundo (ASM) nasceu quando Immanuel Wallerstein lançou, em 1974, o primeiro volume de O Moderno Sistema-Mundo. É uma perspectiva – e não uma teoria – que se caracteriza por estudar as mudanças sociais a partir de  quatro coordenadas metodológicas: 1) não tomar a sociedade/estado/economia nacional como unidade de análise; 2) não aceitar o pressuposto de que a realidade pode ser compreendida separadamente pelas várias disciplinas (economia, sociologia, história, etc.); 3) assumir que o sistema capitalista mundial e o sistema interestatal são duas entidades que nasceram juntas e interligadas; 4) adotar a concepção braudeliana de tempo como sendo a duração dos acontecimentos e processos e ver a história como dialética das durações, ou seja, como resultado das interações dos tempos curto (acontecimento), médio (conjuntura) e longo (estrutura). Como perspectiva pode ser aplicada a uma variedade quase ilimitada de aspectos do atual sistema social histórico, a economia-mundo capitalista, e também de sistemas históricos passados.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica4.jpg

Apoio:

Logo_e-book_-_Capes4.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosângela de Lima Vieira, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Doutora em História – FCL / Universidade Estadual Paulista/Assis-SP. E Pós doutorado em Economia – Universidade Federal de Santa Catarina/ Florianópolis SC. Docente do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista – UNESP / campus de Marília/SP. Participa dos Grupos de Pesquisa: ‘Estudos da Globalização’ (GPEG/CNPq) e ‘Economia Política dos Sistemas-Mundo’ (GPEPSM/CNPq). É autora de artigos relacionados aos temas: “História do Capitalismo” e “Globalização”.

Antônio José Escobar Brussi, Universidade de Brasília- UNB

PhD pela Binghamton University, é professor do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília. Vem pesquisando, orientando e publicando regularmente sobre tópicos relativos à economia-mundo capitalista e à política brasileira, com algumas incursões no campo da teoria do sistema-mundo. Seu mais recente trabalho, em vias de ser publicado, será o livro Semiperiferia: Um conceito político e econômico.

Eduardo Barros Mariutti, Universidade Estadual de Campinas UNICAMP/ SP

Bacharel em Sociologia, Mestre em História Econômica, Especialista em Política Internacional e Doutor em Economia (IE/Unicamp). Atuação em História Econômica e Relações Internacionais. Autor de dois livros: Balanço do Debate: a transição do feudalismo ao capitalismo e Colonialismo, Imperialismo e o Desenvolvimento Econômico Europeu, além de diversos artigos.

Bruno Hendler, Universidade Federal de Santa Maria

Graduado em Relações Internacionais pelo Centro Universitário Curitiba (Unicuritiba), mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (IREL-UnB) e professor de História da América Latina e Relações Internacionais da Ásia no Unicuritiba.

Helton Ricardo Ouriques, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Graduado em Ciências Econômicas pela UFSC, mestrado em Geografia pela UFSC e Doutorado em Geografia pela UNESP. Professor Associado do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFSC e do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da mesma universidade. É membro do GPEPSM (Grupo de Pesquisas em Economia Política dos Sistemas-Mundo). Desenvolve atividades de ensino e pesquisa em Economia Política Internacional, Evolução do Capitalismo Contemporâneo,Geografia Econômica e Geopolítica.Vem pesquisando os seguintes temas: evolução do capitalismo contemporâneo, processos de desenvolvimento em países da América do Sul, trajetórias de desenvolvimento no Leste Asiático (em especial na China). 

Hoyêdo Nunes Lins, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Possui graduação em Ciências Econômicas e em Direito pela UFSC, mestrado em Planejamento do Desenvolvimento Regional pela University College of Swansea (Grã-Bretanha) e doutorado em Geografia e Organização do Espaço pela Université François Rabelais, em Tours (França). Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), vinculado ao Departamento de Economia e Relações Internacionais e integrante do corpo de docentes permanentes dos programas de pós-graduação em Economia e em Relações Internacionais dessa universidade. É autor de numerosos trabalhos publicados em periódicos científicos e livros, no Brasil e no exterior. 

Ho-Fung Hung, Johns Hopkins University

Ph. D. em Sociologia e professor associado do Departamento de Sociologia da Johns Hopkins University, onde desenvolve pesquisas relacionadas a temas de Política, Globalização, Nacionalismo, sobre a China e o Leste Asiático. Possui várias publicações em inglês e em chinês, entre as quais se destacam: Protest with Chinese Characteristics: Demonstrations, Riots, and Petitions in the Mid-Qing Dynasty (2011) e China and the Transformation of Global Capitalism (2009).

Luiz Mateus da Silva Ferreira, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Graduado em Ciências Econômicas e Mestre em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É professor do Departamento de Economia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e pesquisador do Grupo de Pesquisa em Economia Política dos Sistemas-Mundo (GPEPSM). Em suas pesquisas tem-se dedicado a temas relacionados à “HistóriaEconômica doBrasil” e “Desenvolvimento e Desigualdades no Brasil”.

Marcelo Arend, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutor em Economia pela UFRGS, Mestre em Economia pela UFSC e Bacharel em Ciências Econômicas pela UFSM. Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no Departamento de Economia e Relações Internacionais. Professor do Programa de Pós-Graduação em Economia (UFSC). Pesquisador do Grupo de Pesquisa em Economia Política dos Sistemas-Mundo. Atua nas áreas de “Economia Brasileira, Economia Política e Desenvolvimento Econômico”, com ênfase nas discussões em “Desenvolvimento Industrial, Mudança Tecnológica e Institucional da economia brasileira no século XX”. 

Pedro Antonio Vieira, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutor em Economia pela Universidade Nacional Autónoma do México. É Professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina. Coordena o Grupo de Pesquisa
em Economia Política dos Sistemas-Mundo. Organizou do livro O Brasil e o Capitalismo Histórico: passado e presente na Análise de Sistemas-Mundo (2012) É autor de vários artigos publicados. 

Publicado

August 14, 2013

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-415-8

Date of first publication (11)

2013

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 10mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas