Psicologia e Educação: temas e pesquisas

Autores

Sebastião Marcos Ribeiro de Carvalho (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília/UNESP
Patricia Unger Raphael Bataglia (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Marília, Departamento de Psicologia da Educação.
https://orcid.org/0000-0002-2575-3020

Sinopse

O desenvolvimento de ambas as áreas evidenciou a importância de investigação específica dos fenômenos educativos de modo interdisciplinar, no próprio ambiente onde ocorrem e não deslocando o sujeito para a clínica, desenvolvendo instrumentos teóricos metodológicos específicos para a compreensão dos fenômenos e por fim, reconhecendo a especificidade do objeto de estudo que a caracteriza como disciplina ponte entre a psicologia e a educação. A Psicologia da Educação, assim considerada, tem possibilidades de contribuições imensas, ainda mais expressivas se considerarmos a diversidade de abordagens por meio das quais desenvolve pesquisas e propõe teorizações. Tal multiplicidade paradigmática é salutar na medida em que a variedade de problemas e questões sociais que emergem nessa pós-modernidade exigem a formação de agentes capazes de atuar frente aos desafios cotidianos. O presente volume tem por objetivo relatar os estudos e pesquisas que têm sido desenvolvidos pelos professores do Departamento de Psicologia da Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP, Câmpus de Marília. Vários capítulos também contaram com a parceria de pesquisadores externos ao departamento ou à universidade. As contribuições aqui apresentadas têm também um caráter formador na medida em que podem ser usadas em disciplinas de graduação e pós-graduação, de acordo com os temas tratados: relação indivíduo e sociedade na formação da razão, conhecimento social, neurociência e educação, aprendizagem da leitura e de habilidades pré-aritméticas, habilidades sociais, competência moral, orientação profissional, ações afirmativas e um extenso levantamento da produção científica na área. 

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

 

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sebastião Marcos Ribeiro de Carvalho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília/UNESP

Professor Assistente Doutor do Departamento de Psicologia da Educação (DPE) da Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília, UNESP (Disciplinas de Estatística), pesquisador do Grupo de Pesquisa Neurociências e Comportamento: Memória, Plasticidade, Envelhecimento e Qualidade de Vida - Departamento de Psicologia da Educação - FFC, UNESP / Câmpus de Marília-SP e integrante do Laboratório de Neurociência Cognitiva - LaNeC. Licenciado em Matemática (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Tupã-1973) e em Pedagogia ( Faculdades Integradas de Marília - 1983). Titulado em nível de Mestrado Profissionalizante em Medicina Interna e Terapêutica pela Universidade Federal de São Paulo (2002) - ênfase em Medicina Baseada em Evidências. Titulado em nível de Mestrado em Energia na Agricultura pela Faculdade de Ciências Agronômicas-UNESP (1994) e doutorado em Energia na Agricultura pela Faculdade de Ciências Agronômicas-UNESP (1999). Ex-professor Consultor da Faculdade de Medicina de Marília - FAMEMA (Planejamento de Pesquisa em Saúde, Pesquisa Clínica, Bioestatística, Medicina Baseada em Evidências, Saúde Baseada em Evidências, Análise de dados e Avaliação Externa). Ex-professor dos Programas de Pós Graduação da Unversidade de Marília - UNIMAR: Mestrado "Stricto Sensu" em Odontologia, Agronomia e Medicina, autorizados e reconhecidos pela CAPES (1996-2006) (Disciplinas Estatística, Estatística Aplicada, Bioestatística, Metodologia Científica, Metodologia de Ensino). Ex-professor titular das disciplinas de Estatística, Estatística Aplicada e Bioestatística dos Cursos de Graduação da UNIMAR (1988-2006) (Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Odontologia, Enfermagem e Obstetrícia, Zootecnica e Medicina Veterinária). Ex-membro do Corpo Editorial da Revista Ciências Odontológicas da UNIMAR. Tem experiência em Análise Estatística de Dados e Planejamento de Pesquisas, Planejamento e Orientação de Monografias, Dissertações e Teses nas áreas de Educação, Educação Especial, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências da Saúde (ênfase em Fisioterapia, Distúrbios da Comunicação Humana, Fonoaudiologia, Medicina e Odontologia) com ênfase em Saúde Baseada em Evidências, Medicina Baseada em Evidências, Odontologia Baseada em Evidências e Saúde Baseada em Evidências. Atua principalmente nos seguintes temas: Metodologia da Pesquisa Científica, Bioestatística, Estatística Experimental, Estatística Aplicada à Saúde, Estatística Aplicada à Educação e Ciências Sociais, Medicina Baseada em Evidências, Saúde Baseada em Evidências e Educação Baseada em Evidências. . Atualmente é Chefe do Departamento de Psicologia da Educação da FFC - Unesp Marília.

Patricia Unger Raphael Bataglia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Marília, Departamento de Psicologia da Educação.

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1986), mestrado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (1996) e doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é docente e pesquisadora do Departamento de Psicologia da Educação e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - UNESP, campus de Marília. É líder do Grupo de estudos e Pesquisas em Psicologia Moral e Novas Alternativas em Educação , membro da Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e é assessora científica da FAPESP. É membro do Grupo de Estudos de Psicologia e Epistemologia Genéticas (GEPEGE) e do Grupo de Estudos Valores, Educação e Formação de Professores. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na formação ética do profissional, atuando principalmente nos seguintes temas: competência moral, ética profissional, desenvolvimento moral e bioética.

Adrián Oscar Dongo Montoya, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

É professor Titular do Departamento de Psicologia da Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP. Possui o Título de Livre Docente pela UNESP, fez pós-doutorado na Universidade LUMIÈRE Lyon II (França) e nos Archives Jean Piaget (Genebra), é Doutor e Mestre em Psicologia Escolar e Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da USP. Entre as principais obras publicadas: Piaget: a criança favelada. Epistemologia Genética, diagnóstico e soluções, Ed.Vozes, 1986 (Obra.publicada em lingua espanhola); Piaget: Imagem Mental e construção do conhecimento, Ed.UNESP, 2005.(obra publicada em espanhol, 2011); Teoria da aprendizagem na obra de Jean Piaget, Ed. UNESP, 2010.

Eliane Giachetto Saravali, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

 Possui Graduação em Pedagogia (UNICAMP,1995), Mestrado em Educação (UNICAMP,1999) e Doutorado em Educação (UNICAMP, 2003). Atualmente é professora assistente doutora do Departamento de Psicologia da Educação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Campus de Marília), atuando no curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Psicologia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: construtivismo e educação, epistemologia e psicologia genéticas, conhecimento social, dificuldades de aprendizagem, educação infantil, interação social e sociometria. Possui também especialização em Psicopedagogia e desenvolve projeto de extensão vinculado à Pró-reitoria de. extensão universitária da UNESP nas áreas de Psicopedagogia Clínica e Institucional.

Edvaldo Soares, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Doutor em Neurociência e Comportamento pela Universidade de São Paulo – USP; professor de Neurociências, Lógica e Desenvolvimento Humano do Departamento de Psicologia da Educação da Faculdade de Filosofia e Ciência  – FFC da Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus de Marília SP. Desenvolve pesquisas na área de Neurociências, com ênfase nos estudos relativos à memória, plasticidade e envelhecimento. Coordena o Grupo de Pesquisa em Neurociências e Comportamento: Memória, Plasticidade, Envelhecimento e Qualidade de Vida e o Laboratório de Neurociência Cognitiva -LaNeC. 

Paulo Estevão Andrade, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Professor de Neurociência Cognitiva e Neurocognição Musical da.FUNDEPE  -Fundação para o Desenvolvimento do Ensino,] Pesquisa e Extensão da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP -Campus de Marília. Pesquisador “Grupo de Pesquisa em Neurociências e Comportamento: Memória, Plasticidade, Envelhecimento e Qualidade de Vida” da Faculdade de Filosofia e Ciências UNESP - Campus de Marília. Professor de Musicalização do Colégio Criativo de Marília. Pesquisador em Neurociência Cognitiva aplicada à Educação e Psicopedagogia, bem como Psicologia e Neurocognição Musical, com artigos científicos publicados no Brasil e no exterior. Desenvolve projetos de pesquisa em parceria com a Universidade Harvard e Universidade de Londres sobre o desenvolvimento da cognição musical em crianças do ensino fundamental menor e suas implicações psicopedagógicas, incluindo o processamento emocional- afetivo, as relações com a linguagem e o aprendizado da leitura e escrita e de uma segunda língua.

Flávia Cristina Goulart, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Doutora em Neurociências e Comportamento, pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São  Paulo (IP.-USP) e mestre em Psicofarmacologia, pelo Instituto de Biociências, na mesma.universidade, e especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidad Federal de São Paulo.(UNIFESP). Foi, durante 15 anos, professora responsável pela cátedra de Psicofarmacologia e Fisiologia para o curso e Psicologia na Universidade de Marília. Desde 2004 faz parte do corpo docente da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), da Universidade Estadual Paulista. (UNESP), onde ministra disciplinas relacionadas às Ciências Fisiológicas e Neurociências. Membro do Grupo de Pesquisa “Educação e Saúde de Grupos Especiais” e do Grupo de Pesquisa “Neurociências e Comportamento: Memória, Plasticidade, Envelhecimento e Qualidade de Vida”, vinculados ao CNPq. Atua em pesquisas  na área de Neurociências, com enfoque na observação da plasticidade de resposta neurofisiológica, em pareceria com diversas universidades. Atua também no âmbito da educação,  principalmente em propostas educacionais interdisciplinaridades, permeando.metodologias ativas para o ensino na área de saúde. Atuou como conferencista em “Respostas neurobiológicas” na Especialização em Psicanálise, na Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA); como professora no Curso de Especialização em Educação Especial (Unesp e governo do Estado de São Paulo) e em cursos de atualizações em Psicopedagogia (FUNDEPE - Fundação para o Desenvolvimento do Ensino, Pesquisa e Extensão da Unesp, campus de Marília) e ministras palestras e conferências sobre o tema, nas mais diversas instituições. É responsável pela criação do Laboratório da Central de Ensino e Pesquisa em Neurociências.(CEPEN) na FFC, da UNESP, campus de Marília, e écoordenadora da Central de Laboratórios dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, nos quais é docente.

Paulo Sérgio Teixeira do Prado, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

 E pedagogo e mestre em educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), doutor em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado em psicologia pela UFSCar. É professor do Departamento de Psicologia da Educação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Campus de Marília), onde leciona as disciplinas de Psicologia da Educação e Psicologia da Aprendizagem, no curso de Pedagogia.

Regina de Cássia Rondina, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina (1990), graduação em Licenciatura em Ciências (1º.grau) pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Umuarama (1985), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (1995) e doutorado em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP (2004). Atualmente é professora da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Psicologia, nas subáreas de Educação e Saúde, com ênfase em Tratamento e Prevenção Psicológica, atuando principalmente nos seguintes temas: tabagismo, personalidade, tratamento de transtornos psicológicos, terapia cognitivo comportamental  e prevenção de comportamentos de risco.

Patricia Unger Raphael Bataglia, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1986), mestrado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (1996) e doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professora assistente doutora do Departamento de Psicologia da Educação da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” - UNESP, campus Marília. É conselheira, presidente da Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e assessora científica da FAPESP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase na formação ética do profissional, atuando principalmente nos seguintes temas: competência moral, ética profissional, desenvolvimento moral e bioética.

Gilsenir Maria Prevelato de Almeida Dátilo, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Possui graduação em Psicologia, junto a Universidade de Marília/UNIMAR Marilia/SP (1981-1986), aperfeiçoamento em Psicologia Clinica, junto a Fundação Nacional de Desenvolvimento a Pesquisa/FUNDAP-FAMEMA (1987-1988), especialização em Psicologia Hospitalar, junto ao Conselho Regional de Psicologia/CRP (2002-2002), mestrado em Educação, junto a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/UNESP (1994-1998) e doutorado em Educação, junto a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/UNESP.(1999-2002). Atualmente é professora assistente doutora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Marília/SP, junto ao Departamento de Psicologia a Educação, membro dos grupos de Pesquisa cadastrados no CNPq “Grupo de Estudos e Pesquisas em Inclusão Social - GEPIS” e “Neurociências e Comportamento:  Memória, Plasticidade, Envelhecimento e Qualidade de Vida”. Ministra as disciplinas Orientação Psico-Educacional e Planejamento e Avaliação na Perspectiva da Orientação Educacional. Na área de pesquisa e extensão desenvolve Projeto de Orientação Profissional e ministra Curso de Extensão sobre Envelhecimento Mental - Introdução à Capacitação de Cuidadores”.

Fabio Lorenzi-Cioldi, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

´´E professor titular de Psicologia Social na Universidade de Genebra, Suiça. É vice-diretor da escola de doutorado da Universidade de Genebra e de Lausanne e do Programa Suiço de Psicologia. Seu interesse de pesquisa volta-se ao estudo da dinâmica da identidade social, status de relacionamentos entre grupos, diversidade e ações afirmativas, estereótipos sociais e metodologia de pesquisa experimental e do tipo survey.

Fabrice Buschini, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Doutor em Psicologia Social pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, França, e professor da Universidade de Genebra, Suiça.  Suas pesquisas têm como foco a comunicação, a influência social, as representações sociais, as relações intergrupais, a Psicologia Social aplicada e a metodologia de pesquisa e de intervenção na Psicologia Social. 

Fabrice Buschini, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Doutor em Psicologia Social pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris, França, e professor da Universidade de Genebra, Suiça.  Suas pesquisas têm como foco a comunicação, a influência social, as representações sociais, as relações intergrupais, a Psicologia Social aplicada e a metodologia de pesquisa e de intervenção na Psicologia Social. 

Divino José da Silva, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Doutor em Filosofia da Educação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Campus de Marília, professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação da FCT/UNESP/Presidente Prudente. É autor do livro Ética e a educação para a sensibilidade em Max Horkheimer (UNIJUÍ, 2001). É organizador de coletâneas e autor de artigos e capítulos de livros sobre teoria crítica, ética e educação.

Alessandra de Morais-Shimizu, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

Psicóloga, mestre e doutora em Educação, é professora assistente do Departamento de Psicologia da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências, UNESP, Campus de Marília. Sua área de pesquisa é a Psicologia do Desenvolvimento Moral, os Instrumentos de Medida de Julgamento Moral e aTeoria das Representações Sociais.

Maria Cláudia Cabrini Grácio, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

´´E docente do Departamento de Psicologia daEducação da Universidade Estadual Paulista-UNESP, Campus de Marília. Possui bacharelado e mestrado em Estatística e doutorado em Lógica, pela UNICAMP. Ministra disciplinas de estatística em nível de graduação, Questões Bibliométricas em Organização do Conhecimento na Pós-Graduação em Ciência da Informação e Lógica na Pós-Graduação em Filosofia da UNESP/Campus de Marilia. Atualmente, enfoca suas pesquisas nos seguintes temas: estatística aplicada, avaliação da produção científica, bibliometria, cientometria, particularmente em indicadores de avaliação do comportamento da ciência e redes de colaboração científica, e lógica estendida por quantificadores generalizados. Co-coordena o grupo de pesquisa “Estudos Métricos em Informação".

Ely Francina Tannuri de Oliveira, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

É professora assistente doutora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista em Marília e atua na Graduação e Pós-Graduação. Possui graduação em Matemática e Pós-graduação em Educação. Ministra as disciplinas Métodos Quantitativos aplicados à Ciência da Informação, na graduação, e Questões Bibliométricas em Organização do Conhecimento, na pós-graduação em Ciência da Informação. Atualmente enfoca suas pesquisas nos seguintes temas: Métodos Quantitativos em Ciência da Informação, Bibliometria, Cientometria e Patentometria, de modo mais especial em Indicadores de avaliação do comportamento da ciência e redes de colaboração científica. Co-coordena o grupo de pesquisa “Estudos Métricos em Informação”. É bolsista de produtividade em pesquisa 2 (CNPq).

Maria de Lourdes Morales Horiguela, Faculdade de Filosofia e Ciência / UNESP

É docente aposentada do Departamento de.Psicologia da Educação da Universidade Estadual Paulista-UNESP, Campus de Marília. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, mestrado e doutorado em Psicologia (Psicologia.Experimental) pela Universidade de São Paulo. É docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNESP/Campus de Marilia. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Ensino e da Aprendizagem. Atuando principalmente nos seguintes temas: Aprendizagem numa perspectiva da Análise do Comportamento e sua aplicação à Educação; o estudo de métodos de pesquisa em Ciência do Comportamento e sua aplicação à Educação.

Publicado

December 17, 2012

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-340-3

Date of first publication (11)

2012

Dimensões físicas

160mm x 230mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas