Biopolítica, Arte de Viver e Educação

Autores

Pedro Angelo Pagni; Sinésio Ferraz Bueno; Rodrigo Pelloso Gelamo; Alexandre Simão de Freitas; Alfredo Veiga-Neto; Alonso Bezarra de Carvalho; Cláudio Almir Dalbosco; Divino José da Silva; Elisete Medianeira Tomazetti; Gregory Fernando Pappas; Jean-Christophe Merle; Maximiliano Valerio López; Nadja Hermann; Olga Grau Duhart; Sílvio Gallo; Sylvio Gadelha

Palavras-chave:

Educação - Filosofia, Biopolítica, Filosofia - estudo e ensino

Sinopse

O tema da Biopolítica nos remete ao diagnóstico do presente, desenvolvido originalmente por Michel Foucault e, posteriormente, aprofundado por outros filósofos contemporâneos, como Giorgio Agamben, sem contar que filósofos como John Dewey, Jürgen Habermas, dentre outros, o tangenciaram. Para parte desses filósofos, uma dimensão da vida humana teria sido abandonada para que se restringisse a um tipo de racionalidade, àquilo que pode ser regulamentado pelo Estado e governado politicamente pelas diversas artes de governos espalhadas pela sociedade civil. Se, na crítica feita por alguns desses filósofos em relação à reconciliação entre a vida e o mundo, por meio de uma racionalidade e de uma pragmática específica, da parte de outros essa reconciliação seria impossível, provocando um pensar constante e a assunção de uma atitude ética e política de resistência ao existente. Diante desse dilema atual, algumas perspectivas filosóficas educacionais advogaram a integração da vida à escola e um tipo de pragmática do ensino capaz de integrar os elementos daquela aos princípios da cognição e da unidade lógica discursiva presentes nesta. Por sua vez, outras insistiram em manter aberta a tensão entre vida e escola, elegendo-a como um campo privilegiado para se compreender os processos de subjetivação e para se proporcionar um reflexionamento ético sobre a ação pedagógica, a atividade docente e a proposição de novos problemas ao ensino de Filosofia. É no âmbito do embate dessas perspectivas que se discutiu o tema em questão, nesta coletânea.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Apoio:

Logo_e-book_-_Capes1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Angelo Pagni

É professor adjunto de Filosofia da Educação do Departamento de Administração e Supervisão Escolar e do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP. Fez pós-doutorado no Departamento de História e Teoría de la Educacion da Universidad Complutense de Madrid. É bolsista produtividade do CNPq. Líder e pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Filosofia (GEPEF). Publicou os livros Do manifesto de 1932 à construção de um saber pedagógico (UNIJUI, 2000) e Anísio Teixeira: experiência reflexiva e projeto democrático em educação (Vozes, 2008). Organizou com Divino José da Silva Introdução à Filosofia da Educação (Avercamp, 2007) e com Rodrigo Gelamo Experiência, contemporaneidade e educação (Cultura Acadêmica, 2010).

Sinésio Ferraz Bueno

É doutor em Filosofia da Educação pela USP. Professor do Departamento de Filosofia e do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP. É pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Filosofia (GEPEF) e autor de livros e artigos na área de Filosofia da Educação.

Rodrigo Pelloso Gelamo

Rodrigo Pelloso Gelamo possui Licenciatura em Filosofia pela Universidade do Sagrado Coração (1999), mestrado em Filosofia (2003) e doutorado em Educação (2009) pela UNESP/Marília; fez estágio de Pós-doutorado na UNICAMP (2011), na USP (2013) e na UNISALENTO ? Itália (2013). Atualmente é professor do departamento de Didática e do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP/Marília. Faz parte do conselho do PPGE e coordena o Dinter com o IFRO. Foi professor visitante na Universidad Complutense de Madri (Espanha), na Universidad de La Plata (Argentina) e na Universidad de San Juan (Argentina). Seu interesse de pesquisa está relacionado à problemática filosófica do ensino, especialmente do ensino da Filosofia. Publicou vários artigos, capítulos de livros e um livro pela Cultura Acadêmica (2009), que foi traduzido e publicado pela Editora da Universidad San Buenaventura de Bogotá - Colômbia (2014). Tem experiência em coordenação de projetos de pesquisa, tendo sido financiado pelo Edital Universal nas edições de 2009 e 2011 e pela FAPESP na modalidade de Projeto Regular e faz parte do convênio Capes/Cofecube.

Alexandre Simão de Freitas

Pedagogo, Mestre em Educação e Doutor em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor Adjunto do Departamento de Administração e Planejamento Educacional (DAEPE) do Centro de Educação e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação. Suas pesquisas e publicações focalizam a ética do cuidado de si formulada nos cursos finais de Michel Foucault, no Collège de France. Ao mesmo tempo tem mobilizado ações de pesquisa e extensão que aproximam questões educacionais com o campo da comunicação social, visando sistematizar pedagogias sociais minoritárias que enfatizem o sujeito educacional a partir de abordagens anti-utilitaristas e dos estudos subalternos.

Alfredo Veiga-Neto

Alfredo Veiga-Neto é graduado em Música e em História Natural, mestre em Genética e doutor em Educação, pela UFRGS. Professor Titular do Departamento de Ensino e Currículo da Faculdade de Educação e Professor Efetivo do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Autor e organizador de vários livros, entre os quais: Crítica Pós-Estruturalista e Educação, Figuras de Foucault, Para uma vida não-fascista, Fundamentalismo e Educação, Foucault e Educação, Imagens de Foucault e Deleuze, Cartografias de Foucault, Estudos Culturais da Ciência e Educação, Foucault: Filosofia e Política. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Currículo e Pós-Modernidade.

Alonso Bezarra de Carvalho

É doutor em Filosofia da Educação pela Faculdade de Educação da USP e Professor do Departamento de Educação da UNESP/Assis e do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNESP/Marília. Pós-doutor em Ciências da Educação pela Universidade Charles de Gaulle, Lille, França.

Cláudio Almir Dalbosco

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo (1990), especialização em Epistemologia das Ciências Sociais pela Universidade de Passo Fundo (1992), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1996) e doutorado em Filosofia pela Universität Kassel - Alemanha (2001). Professor titular da Universidade de Passo Fundo, atuando no curso de Filosofia e no PPG em Educação e pesquisador do CNPq. É autor de vários artigos e livros, dentre os quais se destacam Educação natural em Rousseau: Das necessidades da criança e dos cuidados do adulto (Cortez, 2011), Kant & a educação (Autêntica, 2011) e Pragmatismo, teoria crítica e educação: Ação pedagógica como mediação de significados (Autores Associados, 2010).

Divino José da Silva

É doutor em Educação pela Unesp de Marília e professor do Departamento de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Ciência e Tecnologia da UNESP. Autor de vários livros e artigos na área de Filosofia da Educação, a qual se dedica como pesquisador e docente. Dentre os livros destaca-se Ética e educação para a sensibilidade em Max Horkheimer pela Unijuí e, com Pedro Pagni, Introdução à Filosofia da Educação.

Elisete Medianeira Tomazetti

Elisete Medianeira Tomazetti possui graduação em Licenciatura Plena em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1985), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1991) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora Associada II da Universidade Federal de Santa Maria, pelo Departamento de Metodologia do Ensino. Atua no Curso de Filosofia/UFSM nas disciplinas de Didática da Filosofia, Pesquisa para o Ensino de Filosofia e Estágio Curricular Supervisionado. É professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, na Linha de Pesquisa Práticas Escolares e Políticas Públicas, investigando e orientando nos seguintes temas: ensino de filosofia, educação e juventude, ensino médio. Atualmente coordena Projeto PIBID - Filosofia/UFSM.

Gregory Fernando Pappas

É Phd em Filosofia pela University of Texas at Austin. Professor do Departamento de Filosofia da Texas A & M University - College Station, onde pesquisa e ensina Filosofia Latinoamericana. Publicou Pragmatism and the Hispanic/Latino World (Fordham University Press, 2011) e John Dewey’s Ethics: Democracy as Experience (Indiana University Press, 2008), dentre outros livros e artigos na área da Filosofia Norte-americana, com especial referência ao pragmatismo, e a sua recepção na América Latina.

Jean-Christophe Merle

Doutor em Filosofia e professor da Universidade de Lorraine, na França. É pesquisador na área de Filosofia Política e do Direito. Entre as suas publicações encontra-se: A moral e o direito em Kant (edição brasileira, 2007), German Idealism and the concept of punishment (2009), L’amitié (2005), Justice e Progrès (1997), Direito e Legitimidade (edição brasileira, 2003).

Maximiliano Valerio López

Professor da Universidade Federal Fluminense. Possui Doutorado em Educação, com ênfase em filosofia da educação, pela Universidade do Estado do Rio de Janeir; Mestrado em Educação, também pela Universidade do Estado de Rio de Janeiro; Especialização em Ensino da Filosofia pela Universidade de Brasília; e Graduação em Ciencias de la Educación pela Universidad Nacional de Cuyo - Argentina. Áreas de interesse: Filosofia da Educação, Ensino da Filosofia e Filosofia com Crianças, atuando principalmente nas interfases entre filosofia, arte e educação. Principais temas abordados: Poética da educação; Experiência estética eexperiência filosófica; Biopolítica e Colonialidade, Filosofía eInfância; Filosofia com crianças; Filosofia da diferença; linguagem e subjetividade. Tem publicado “Acontecimento e experiência no trabalho filosófico com crianças”. Belo Horizonte: Autêntica, 2008 e “Filosofía con niños y jóvenes”. Buenos Aires: Noveduc, 2008.

Nadja Hermann

É graduada em Filosofia/UFSM e doutorou-se em Educação/UFRGS. Realizou estágios de pesquisa na Universidade de Heidelberg/Erziehungswissensschatliches Seminar nos anos de 1998, 1999 e 2005. Atualmente é professora adjunta de Filosofia da educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e pesquisadora do CNPq. Publicou Validade em educação: intuições e problemas na recepção de Habermas (Porto Alegre, EDIPUCRS, 1999); Pluralidade e ética em educação (Rio de Janeiro, DP&A, 2001); Hermenêutica e educação (Rio de Janeiro, DP&A, 2002); Ética e estética: a relação quase esquecida (Porto Alegre, EDIPUCRS, 2005); Autocriação e horizonte comum: ensaios sobre educação ético-estética (Ijuí, Editora da Unijuí), 2012).

Olga Grau Duhart

É professora titular da Facultad de Filosofía y Humanidades da Universidad de Chile e pesquisadora do Departamento de Filosofia e do Centro de Estudos de Gênero e Cultura na América Latina. Autora de vários livros sobre o ensino de Filosofia, dentre os quais destacamos o livro Grafías filosóficas. Problemas actuales de la filosofia y su enseñanza, organizado com Patrícia Bonzi.

Sílvio Gallo

Livre Docente (2009), Doutor (1993) e Mestre (1990) em Educação (Filosofia da Educação) pela UNICAMP. Licenciado em Filosofia pela PUC-Campinas (1987). Professor Associado da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas e pesquisador do CNPq. Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas Diferenças e Subjetividades em Educação (DiS) e pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas PAIDEIA - Filosofia e Educação. Dedica-se ao estudo da filosofia francesa contemporânea, procurando estabelecer suas conexões com o campo da Educação, a partir principalmente dos pensamentos de Gilles Deleuze e de Michel Foucault.

Sylvio Gadelha

Professor do Departamento de Fundamentos da Educação da FACED-UFC e do Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira da UFC (Linha de Pesquisa: Filosofia e Sociologia da Educação (FILOS); Eixo de Pesquisa: Filosofias da Diferença, Antropologia e Educação). Autor de inúmeros artigos e livros, dentre os quais se destaca o livro Biopolítica e Educação, publicado pela editora Autêntica.

Publicado

October 9, 2012

Licença

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-274-1

Date of first publication (11)

2012

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 13mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF

Dimensões físicas

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas