Determinações do Mundo do Trabalho: centralidade do trabalho, lutas sociais e crítica da economia política

Autores

Anderson Deo (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília
Leonardo Sartoretto (ed)
Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Palavras-chave:

Trabalho, Conflito social, Política econômica, Neoliberalismo, Capitalismo

Sinopse

O Brasil vive uma conjuntura histórica catastrófica que exige dos pesquisadores acadêmicos um compromisso com a razão dialética e a crítica social. A luta contra o neopositivismo, o pós-modernismo e o academicismo deve ser um compromisso intelectual-moral daqueles que querem resistir à barbárie do capital. Fazer pesquisa acadêmica deve se tornar um ato político – no sentido digno da palavra - onde o compromisso com o rigor téorico-metodológico e a objetividade do conhecimento científico deve caminhar de mãos dadas com o compromisso ético da crítica da ordem burguesa existente. Este livro, organizado por Anderson Deo e Leonardo Sartoretto, é um exemplo notável deste louvável esforço intelectual e acadêmico, que reúne um importante conjunto de textos de comunicação das pesquisas de jovens discentes da linha 3 do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais – Mestra do e Doutorado – da Unesp, campus de Marília, intitulada “Determinações do Mundo do Trabalho”. É um exemplo do esforço de professores e alunos de pós-graduação construindo abordagens críticas sobre temas relevantes do mundo do trabalho, da política e da cultura hoje no Brasil. Numa conjuntura de reacionarismo burguês, as pesquisas sociais comprometidas com a crítica social, dialética e materialista, tornam-se fundamentais para a resistência intelectual-moral da universidade pública e da inteligência brasileira.

GIOVANNI ALVES

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg    

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Deo, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Docente do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp, Campus de Marília. Líder do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana: Trabalho, Sociabilidade e Emancipação Humana (NEOM/CNPq). Pesquisador vinculado ao Instituto Caio Prado Júnior (ICP) e ao Instituto Astrojildo Pereira (IAP) e membro do Grupo de Pesquisa Cultura e Política do Mundo do Trabalho (CPMT/CNPq).

 

Leonardo Sartoretto, Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

Graduado, mestre e doutorando em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP/ Campus de Marília. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação humana (NEOM/UNESP). Também é professor de Sociologia pelo Colégio Comunitário/Fundação Educacional de Toledo – FUNET.

Aender Luis Guimarães

Doutor em Ciências Sociais na UNESP/ Campus de Marília. Docente do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Campus de Presidente Epitácio. Orientador: Dr. Jair Pinheiro.

Alex Ricardo Bombarda

Doutorando em Ciências Sociais na UNESP/Campus de Marília. Possui mestrado em Ciências Sociais (2015) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Campus Araraquara. É licenciado em
Ciências Sociais (2005) pela mesma Universidade - Campus Marília. Orientador: Dr. Giovanni Alves.

Alexandre dos Santos Lopes

Atualmente é professor de Sociologia do IFMS, Campus Coxim, doutor em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília, realizou intercambio com a Universidad de la República Uruguay (Udelar), junto ao programa de Pós-Graduação em Ciência Política, sob a coorientação do professor Luis
Alberto Senatore Camerota. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação Humana (NEOM/UNESP) Orientador: Dr. Anderson Deo.

Ana Carolina do Carmo Pereira

Graduada em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências, UNESP/Campus de Marília, mestre em Ciências Sociais na mesma Universidade. Orientação: Dr. Jair Pinheiro.

Angélica Lovatto

Professora do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNESP/Marília. Líder do Grupo de Pesquisa Pensamento Político Brasileiro e Latino-
Americano (CNPq).

Francieli Martins Batista

Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Maringá e Mestre em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia
Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação Humana (NEOM/UNESP). Orientador: Dr. Anderson Deo.

João Vicente Nascimento Lins

Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Maringá. Atualmente encontra-se trabalhando como professor na rede estadual de ensino de São Paulo, é mestre em Ciências Sociais na UNESP/Campus de Marília. Orientador: Dr. Leandro Galastri.

Jordana de Souza Santos

Mestre e Doutora em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília. Orientadora: Drª. Angélica Lovatto.

José Wilson Assis Neves Júnior

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Unesp/Campus de Marília. Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Orientadora: Drª. Angélica Lovatto.

Leonardo Antônio Silvano Ferreira

Possui Graduação, licenciatura (2010) e bacharelado (2012), e Mestrado (2014) em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina. Doutorando em Ciências Sociais da UNESP/Campus de Marília, estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade
e Emancipação Humana (NEOM/UNESP) e membro pesquisador do Grupo de Estudos sobre Novas Tecnologias e Trabalho (GENTT/UEL). Orientador: Dr. Anderson Deo. Coorientador: Dr. Fábio Ocada.

Leonardo Sartoretto

Graduado, mestre e doutorando em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP/ Campus de Marília. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação humana (NEOM/UNESP). Também é professor de Sociologia pelo Colégio Comunitário/Fundação Educacional de Toledo – FUNET. E-mail: leonardosartoretto@hotmail.com.
Orientador: Dr. Anderson Deo.

Marcos Del Roio

Docente do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp, Campus de Marília. Presidente do Instituto Astrojildo
Pereira (IAP) e líder do Grupo de Pesquisa Cultura e Política do Mundo do Trabalho (CPMT/CNPq).

Marília Gabriella Borges Machado

Mestranda, com bolsa de pesquisa CAPES, em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP/Campus de Marília. Também é professora de Sociologia, Filosofia, História e Geografia da Rede Pública de Ensino do Estado de São Paulo. Orientador: Dr. Marcos Del Roio.

Rafael de Almeida Andrade

Graduado em Ciências Sociais pela UNESP/ Campus de Marília, no qual foi bolsista de iniciação científica Fapesp. Atualmente é Mestrando em Ciências Sociais pela mesma universidade. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação Humana (NEOM/UNESP). Orientador: Dr. Anderson Deo.

Rafael dos Santos Alcantara

Bacharelado em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília, com opção na área de Ciência Política. Mestre em Ciências Sociais na UNESP/Campus de Marília. Orientadora: Drª. Angélica Lovatto.

Rodolfo Sanches

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Maringá. Atualmente é doutorando no Programa de Pós-Graduação da UNESP/Campus de Marília, onde concluiu seu mestrado. Orientador: Dr. Marcos Del Roio.

Rodrigo dos Santos Alcantara

Graduado em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília, nas modalidades bacharel e licenciatura. Atualmente é mestrando em Ciência Sociais pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da mesma universidade. Orientador: Dr. Leandro Galastri.

Selma de Fatima Santos

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP/Campus de Marília, onde concluiu seu mestrado. Estudante do Grupo de Pesquisa Núcleo de
Estudos de Ontologia Marxiana – Trabalho, Sociabilidade e Emancipação Humana (NEOM/UNESP). Orientador: Dr. Anderson Deo.

Simone da Conceição Silva

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, pela UNESP/ Campus de Marília. Orientador: Dr. Jair Pinheiro.

Vitor Luiz Carvalho da Silva

Mestrando em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-graduando da UNESP/Campus de Marília. Orientador: Dr, Giovanni Alves.

Yuri Rodrigues da Cunha

Doutor em Ciências Sociais pela UNESP/Campus de Marília. Bolsista CAPES. O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES).
Orientadora: Drª. Angélica Lovatto.

Leandro Galastri

Professor de Ciência Política da Unesp de Marília. Integra o Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências, do mesmo campus. Desenvolve pesquisa sobre o pensamento político de José Carlos Mariátegui, Antonio Gramsci e conceitos correlatos às respectivas obras. É autor de Gramsci, Marxismo e Revisionismo pela editora Autores Associados (Campinas, 2005) e editor do blog marxismo21.

Publicado

May 20, 2020

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Co-publisher's ISBN-13 (24)

ISBN 978-65-86546-11-8

Date of first publication (11)

2020

Dimensões físicas

160mm x 230mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

Co-publisher's ISBN-13 (24)

ISBN 978-65-86546-15-6

Date of first publication (11)

2020

Dimensões físicas

160mm x 230mm