Celso Furtado: os desafios do desenvolvimento

Autores

Francisco Luiz Corsi (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Ciências Políticas e Econômicas.
José Marangoni Camargo (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Campus de Marília

Palavras-chave:

Desenvolvimento econômico, Brasil - Condições econômicas , Furtado, Celso, 1920-2004

Sinopse

O presente livro resulta dos debates ocorridos na X Jornada de Ciências Sociais "Jornada de Estudos Celso Furtado", ocorrida na Faculdade de Filosofia e Ciências em 2006. As Jornadas de Ciências Sociais são organizadas, desde 1986, com o objetivo de discutir a obra de importantes autores brasileiros, que tiveram significativa contribuição para as Ciências Humanas no país. Celso Furtado foi um dos maiores intelectuais brasileiros do século XX. Juntamente com Caio Prado Junior, Gilberto Freire, Sérgio Buarque de Holanda e Florestan Fernandes, contribuiu sobremaneira para a interpretação crítica do Brasil moderno. Sua obra, que alcançou significativa projeção internacional, transcende o campo da economia, influenciou o conjunto das Ciências Sociais. Discutir a obra de Celso Furtado é discutir a história da Economia, das Ciências Sociais e a própria história política brasileira no período recente. Intelectual engajado, foi um dos principais protagonistas da industrialização brasileira e das lutas que marcaram esse processo. Buscou compreender as razões do subdesenvolvimento e dos problemas que o acompanham: a miséria, o desemprego, a desigualdade social, a concentração da renda, as desigualdades regionais etc. Foi um lutador incansável por um desenvolvimento autônomo, democrático e justo socialmente. Questões que continuam a nos desafiar ainda hoje.

Selo Editorial:

Logo_e-book_-_Oficina1.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Luiz Corsi, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Ciências Políticas e Econômicas.

Possui graduação em Economia pela Universidade de São Paulo(1984), graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo(1984), mestrado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas(1991), doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas(1997) e pós-doutorado pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas(2011). Atualmente é Professor Assistente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Membro de corpo editorial do Mundo e Desenvolvimento, da Universidade Federal de Pernambuco e Membro Associado do Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em História Econômica. Atuando principalmente nos seguintes temas:Desenvolvimento Econômico, Política Econômica, Projeto Nacional, Brasil, Argentina.

José Marangoni Camargo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Campus de Marília

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas(1981), mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo(1988) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas(2007). Atualmente é Professor Doutor Assistente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Membro de corpo editorial da Aurora (UNESP. Marília). Tem experiência na área de Economia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Emprego, Agricultura Paulista, Modernização, Agroindústria.

Marina Gusmão de Mendonça, Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política Economia e Negócios (EPPEN) - Campus Osasco

Marina Gusmão de Mendonça. Possui Graduação em História pela Universidade de São Paulo (1975), Graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (1977), Licenciatura em História pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (1975), Mestrado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1989), Doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1997) e Pós-doutorado em Ciências Sociais na Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília (2012). Professora Adjunta do Departamento de Relações Internacionais da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN), da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus de Osasco. Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília. Pesquisadora Convidada da Cátedra J. Castro/USP (Cátedra Josué de Castro de Sistemas Alimentares Saudáveis e Sustentáveis). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: História do Brasil, História Econômica, História Moderna, História Contemporânea, História da América Latina, História da África e História das Relações Internacionais.

Marcos Cordeiro Pires, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Ciências Políticas e Econômicas

Possui graduação em História (1990), mestrado em História Econômica (1996), doutorado em História Econômica, todos pela Universidade de São Paulo (2002) e Livre Docência em Economia Política Internacional pela Unesp (2013). É professor na UNESP - Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, nos cursos de graduação em Relações Internacionais e pós-graduação em Ciências Sociais e no Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais "San Tiago Dantas" - Unesp- PUC-SP- Unicamp. Tem experiência nas áreas de História Econômica e Economia Política e Economia Política Internacional. São áreas de interesse a inserção da economia brasileira na economia mundial, globalização e desenvolvimento econômico, relações Brasil-China e o Grupo dos BRICS. Atualmente pesquisa as relações entre a China, o Brasil e a América Latina. É co-coordenador do Grupo de Pesquisa dos BRICs (CNPq). É membro da diretoria do Instituto Confúcio na Unesp, Coordenador do Instituto de Estudos Econômicos e Internacionais e pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos (INCT-INEU).

Rosângela de Lima Vieira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Ciências Políticas e Econômicas, FFC / UNESP-Marília

Possui graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (1989), mestrado em Projeto, Arte e Sociedade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995), doutorado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002) e pós-doutorado em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). É professora assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Econômica. Atuando também nos Programas de Pós-Graduação em Ciências Sociais e ProfSocio da Faculdade de Filosofia e Ciências / UNESP - campus de Marília.

Wilson Suzigan, Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências da UNICAMP, Departamento de Política Científica e Tecnológica do IGE/UNICAMP

Economista, graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1965), mestrado pela Escola de Pós-Graduação em Economia-FGV/Rio (1968) e doutorado pela Universidade de Londres (1984). Foi professor do Instituto de Economia/Unicamp (1985-2004) e do Departamento de Economia da PUC-Rio (1967-1980). Atuou como economista no Instituto Brasileiro de Economia/FGV-Rio (1967-1971) e técnico em planejamento e pesquisa no IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (1971-1984). Atualmente é Professor Colaborador do Departamento de Política Científica e Tecnológica, Instituto de Geociências/Unicamp, editor da Revista Brasileira de Inovação e editor associado da Revista de Economia Política. Suas áreas de interesse em pesquisa abrangem: economia da inovação, política científica e tecnológica, política industrial, desenvolvimento industrial, sistemas locais de produção e inovação, e história econômica do Brasil.

André Tosi Furtado, Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências da UNICAMP, Departamento de Política Científica e Tecnológica do IGE/UNICAMP

Andre Tosi Furtado concluiu o doutorado em Ciências Econômicas - Université de Paris I (Pantheon-Sorbonne) em 1983. Atualmente é Professor Titular do Departamento de Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas. Publicou 91 artigos em periódicos especializados e 119 trabalhos em anais de eventos. Possui 34 capítulos de livros e 3 livros publicados. Orientou 28 dissertações de mestrado e 18 teses de doutorado na área de Política Científica e Tecnológica, Planejamento Energético e Geografia. Recebeu 2 prêmio e/ou homenagem. Atua na área de estudos da inovação, com ênfase em energia, indicadores e políticas de inovação. 

Vera Alves Cepêda, Universidade Federal de São Carlos, Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Sociais

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado e doutorado em ciência política pela Universidade de São Paulo (1998; 2004) e pós-doutorado em ciência política pelo IESP/UERJ (2016). Atualmente é professora do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos/UFSCar na graduação, atuando no Programa de Pós-graduação em Ciência Política (PPGPol) e no Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS). Desenvolve pesquisas no campo do pensamento político e social brasileiro, em especial nos temas das interpretações sobre o Brasil, na atuação de instituições, intelectuais e teorias ligados ao problema do desenvolvimento, da democracia e das capacidades e ação do Estado em contexto periférico. Pesquisa também o processo de construção e os resultados de políticas públicas para inclusão social e equidade em período recente. 

Tamás Szmrecsányi

Graduação em Filosofia, Universidade de São Paulo (1961).Mestrado em Economia, New School for Social Research, New Yok (1969).Doutorado em Ciência Econômica, Universidade Estadual de Campinas (1976). Livre-docencia, Economia, UNICAMP,1985. Titulação, HistorIa da Ciência e da Tecnnologia (2001). Professor doutor, livre docente, associado (1989), titular e colaborador da UNICAMP (1976-2009). Professor contratado USP-ESALQ, 1967-68; USP-FEA, 1982-84. Professor visitanteUniversidade de Oxford (1990); Universidade de Toulouse, FR, 1992-93; FLACSO,Quito,EQ (1995); Universidade de Paris XII (2002). Tem experiência em planejamento e em administração publica. Suas publicações concentram-se na história economica, historia do pensamento economico, agro industria e meio ambiente. Ampla experiencia editorial de livros e revistas. Organização e participação em congressos nacionais e internacionais. Mias de 100 trabalhos publicados. Membro fundador e dirigente de associações academico-profissionais.

Regina Maria A. Fonseca Gadelha, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária, Departamento de Economia e Programa de Estudos Pós Graduados Em Economia Po

Professora Titular, concursada, do Departamento de Economia-Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuárias - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUC/SP, desde 1987. Bacharel em História pela Faculdade Filosofia, Letras e C.Humanas-Depto.História-USP (1972), Licenciada em História pela Faculdade de Educação-USP (1974); Pós-graduação e Mestrado em História Econômica - Depto. História-Faculdade de Filosofia, Letras e C. Humanas-USP (1977); Doutorado em Ciência Humanas pela Faculdade de Filosofia, Letras e C. Humanas-Universidade de São Paulo (1983); Pós-Doutorado realizado nas Universidades Paris-XIII-Nanterre e Paris-III, Sorbonne Nouvelle-Paris, França (1988-1991), pesquisadora visitante junto à Equipe CREDAL/ERHILA-Laboratoire Associé UA-111 au CNRS, Diretor Prof. Dr. Frédéric Mauro (Paris, França, 1988-1990). Foi coordenadora (2011-2013) e vice coordenadora (2013-2017) do Programa de Estudos Pós Graduados em Economia - PUC-SP. Membro dos Conselhos editoriais da Revista del CESLA-Universidad de Varsóvia (Polônia); Revista Cenários-Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-Araraquara-SP; Revista Pesquisa & Debate-Programa de Estudos Pós-graduados em Economia Política-PUC/SP; Revista de Economia da PUC-SP; Projeções-Revista de Estudos Polono-Brasileiros [1999-], Curitiba-PR; Revista IHS, Antiguos Jesuitas en Iberoamerica (Córdoba-AR, 2013); Consultora/ Parecerista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e do CNPq-CEPE-PIBIC-PUC/SP; Lider do NACI-Núcleo de Análise de Conjuntura Internacional da FEA-PPGEP e PPGCS-PUC/SP; Membro correspondente da Academia de História Paraguaya (Assunção-Paraguai) desde 2000; Membro da União Brasileira de Escritores; Professora homenageada pela Universidade de Varsóvia (1998); Professora condecorada pela Universidade de Varsóvia (Polônia, 2008). Especialista em História Econômica, com pesquisas nas seguintes áreas temáticas: História Missioneira; Processos de colonização e acumulação tardia, relações de trabalho e produção; Formação Econômica do Brasil; Globalização e processos de integração; Estado e Políticas públicas; Economia agrária. Perfil acadêmico em H.A.H. FLORES, Dicionário de Mulheres. 1.e. (1999). 2.e. P.Alegre: Ed. Mulheres, 2011. pp.294-5. 

Publicado

August 28, 2010

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

ISBN-13 (15)

978-85-7983-064-8

Date of first publication (11)

2010

Dimensões físicas

160mm x 230mm x 14mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas