Encontro com as Ciências Cognitivas - volume 4

Autores

Ademar Ferreira (ed)
Universidade de São Paulo, Escola Politécnica, Departamento de Eng de Telecomunicações e Controle.
Maria Eunice Quilici Gonzalez (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.
Jonas Gonçalves Coelho (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Arquitetura Artes e Comunicação de Bauru.
https://orcid.org/0000-0002-9525-1114

Palavras-chave:

Naturalismo, Informação e conhecimento, Perspectivismo versus reducionismo

Sinopse

O presente volume de Encontro com as Ciências Cognitivas reúne trabalhos apresentados nos V e VI ''Encontro Brasileiro-Internacional de Ciências Cognitivas" (EBICC) realizados em Agosto de 2003 e Setembro de 2004, respectivamente, na UNESP. USP e UFMA, além de textos apresentados no Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE) da UNICAMP.
A coletânea traz a seus leitores reflexões inéditas sobre os processos cognitivos e informacionais desenvolvidos pelos sistemas naturais e artificiais, elaboradas a partir de uma perspectiva interdisciplinar que envolve a filosofia, a neurociência, a computação, a engenharia, a biologia, a semiótica e a psicologia. A análise apresentada neste volume focaliza temas polêmicos, como a natureza da relação mente/corpo, reducionismo versus anti-reducionismo, internalismo versus externalismo, o papel da informação e das tecnologias computacionais no estudo dos estados mentais, a natureza das representações mentais, entre outros. O caráter polêmico desses temas reflete o estado atual das pesquisas em desenvolvimento nas ciências cognitivas no Brasil e no exterior. Em processo de consolidação, o campo das ciências cognitivas no Brasil se encontra disperso em departamentos de engenharia, filosofia. biologia e computação, sendo a sua característica interdisciplinar ainda pouco explorada.

Selo Editorial:

 Unesp_Marília_Publcações2.jpg      Logo_e-book_-_Cultura_academica8.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ademar Ferreira, Universidade de São Paulo, Escola Politécnica, Departamento de Eng de Telecomunicações e Controle.

Professor Associado (Livre-docente) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP), atualmente como professor colaborador senior. Eng. Eletricista (1964) e Doutor em Eng. Elétrica (1969), ambos pela EPUSP. Realizou pós-doutorado na Univ. de Stanford, EUA, em 1971/72, atuando na área de circuitos integrados MOS, como Professor Visitante. Em 1988 graduou-se em Cinema pela ECA - Escola de Comunicação e Artes da USP, e em 1998, em Filosofia, pela Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. De 1969 a 1974 foi pesquisador do Laboratório de Microeletrônica - LME, da EPUSP, tendo sido um de seus fundadores. Atuou de 1975 a 1995 principalmente como consultor industrial, tendo criado e dirigido uma empresa de consultoria em Ciência & Tecnologia, e uma empresa industrial de eletrônica. De 1996 em diante, passou a exercer a atividade docente em tempo integral no Depto. de Eng. de Telecomunicações e Controle da EPUSP, integrando o LAC - Laboratório de Automação e Controle. Nesta fase de sua carreira acadêmica dedica-se a problemas de controle automático e robótica, atuando nas áreas de inteligência computacional com aplicação a identificação e controle de sistemas dinâmicos, e robótica móvel cognitiva. Atualmente é coordenador e pesquisador do Grupo de Robótica e Tecnologias Cognitivas, inscrito no CNPq.

Maria Eunice Quilici Gonzalez, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília.

Graduação em Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1977), mestrado em Epistemologia Lógica e Filosofia da Ciência pela Universidade Estadual de Campinas (1984) e doutorado em Cognitive Science, Language And Linguistics Phd - University of Essex (1989) Inglaterra. Atualmente é professora adjunta (livre docente) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia, Filosofia da Informação e da Tecnologia, Ciência Cognitiva e Filosofia da Mente, atuando principalmente nos seguintes temas: auto-organização, autonomia e informação, sistemas complexos, big data e a dinâmica de desenvolvimento da opinião

Jonas Gonçalves Coelho, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Arquitetura Artes e Comunicação de Bauru.

Possuo graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Lógica e Filosofia da Ciência pela Universidade de Campinas (1991), doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1998), livre-docência em Filosofia pela Universidade Estadual Paulista (2008), Pós-Doutorado em Filosofia da Mente como Pesquisador Visitante na University of Massachusetts/Amherst sob a supervisão de Lynne Rudder Baker de outubro de 2010 a março de 2011 (6 meses) e fui também Pesquisador Visitante no Departamento de Filosofia da University of California San Diego sob a supervisão de Patricia Churchland duas vezes, primeiro no período de novembro de 2013 a fevereiro de 2014 (4 meses) e na segunda vez no período de agosto de 2016 a janeiro de 2017 (6 meses). Sou professor da Universidade Estadual Paulista desde 1992, ministrando a disciplina de Filosofia em vários cursos de graduação, em especial, no Curso de Graduação em Psicologia, sendo também docente credenciado junto ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UNESP de Marília ministrando disciplinas e orientando pesquisas na área de Filosofia da Mente. Desenvolvi pesquisas sobre o pensamento do filósofo Henri Bergson e dedico-me atualmente ao estudo de abordagens contemporâneas em Filosofia da Mente de temas tais como "mente e corpo", "identidade pessoal" e "livre-arbítrio e determinismo", com um interesse particular em Neurofilosofia. Nesse contexto tenho me dedicado ao desenvolvimento de uma "Abordagem Dupla Face" (Double Face View) da relação mente-cérebro. Coordenador do GT de Filosofia da Mente da ANPOF (Biênios 2013/2014 e 2015/2016)

Paulo Abrantes

Paulo C. C. Abrantes possui graduação em Física pela Universidade de Brasília (1973), mestrado em Filosofia pela Universidade de Paris X (1978) e doutorado em Filosofia pela Universidade de Paris I (1985). É Professor titular aposentado da Universidade de Brasília, tendo tido lotações no Departamento de Filosofia e no Instituto de Ciências Biológicas. Sua pesquisa desenvolve-se principalmente nas áreas de Filosofia da Ciência, Filosofia da Biologia, História da Ciência e Filosofia da Mente.

Paulo Roberto Margutti Pinto, Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, Reitoria, Faculdade de Filosofia.

Possui graduação em Filosofia pela UFMG (1967), mestrado em Filosofia Contemporânea pela UFMG (1979) e doutorado em Filosofia pela University of Edinburgh (1992), com tese sobre Wittgenstein. Atuou como membro da Comissão de Avaliação de Cursos de Pós-graduação em Filosofia da CAPES, de 1998 a 1999. Foi pesquisador 1A do CNPq de 2003 a 2012, tendo inclusive coordenado o Comitê Assessor de Filosofia entre 2010 e 2012. Foi professor da UFMG de 1978 a 2006, quando se aposentou na categoria de titular. Foi também professor titular da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE/MG), de 2006 a 0210. Em 2013, voltou a trabalhar como professor titular da FAJE/MG. Tem experiência nas áreas de lógica, filosofia da linguagem e filosofia no Brasil. 

Elias Humberto Alves

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo(1968), mestradopela Universidade de São Paulo(1976), doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(1973), pós-doutorado pela Bucknell University(1980) e pós-doutorado pela Université du Québec à Trois-Riviéres(1990). Atualmente é professor titular da Universidade Estadual de Campinas, Assessor do Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e Professor Titular do Instituto Superior de Filosofia São Bento. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Lógica. Atuando principalmente nos seguintes temas:Logica, Logica Intensional, Logica Modal, Descritor. 

Mariana Claudia Broens, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Filosofia.

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná (1985), graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1983), Diplôme d'Études Approfondies en Logique et Philosophie anglo-saxonne pela Université de Nantes - França (1989) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é Professora Associada da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Desenvolve pesquisas na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia, Filosofia da Mente e Ciências Cognitivas, atuando principalmente nos seguintes temas: Abordagem externalista da mente, Auto-Organização, Pragmatismo, Cognição Incorporada e Situada, Ética informacional, Filosofia da Ação, Dinâmica da opinião e das crenças, Informação Ecológica.

Carmen Beatriz Milidoni, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Filosofia.

Possui graduação em Filosofia pela Universidad Nacional de La Plata(1968) e doutorado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas(1993). Atualmente é professor titular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e professor titular da Universidade Estadual Paulista. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia. Atuando principalmente nos seguintes temas:modelos, metáforas, neurônio, quantidade, aparelho psíquico e descoberta.

Willem F. G. Haselager, Radboud University Nijmegen.

Possui graduação em Psicologia - University of Amsterdam (1982), mestrado em História, Teorias e Sistemas em Psicologia - Free University, Amsterdam (1988), mestrado em Filosofia - University of Amsterdam (1989) e doutorado em História, Teorias e Sistemas em Psicologia - Free University, Amsterdam (1995). Atualmente é assistent professor no dpto. de Inteligência Artificial - University Of Nijmegen e profesor permanente na pôs-graduação de Filosofia, UNESP, Marilia, SP. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia da Mente e Ciência (Neuro) Cognitiva, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da mente, autonomia, epistemologia das representações mentais, a teoria dos sistemos dinamicos, auto-organização, cognição incorporada e situada e robôtica.

Maria Luísa Bissoto, Centro Universitário Salesiano São Paulo, PPGE.

Maria Luísa Bissoto é terapeuta ocupacional, especializada em Educação Especial (Unicamp), mestre e doutora em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba e Pós-Doutora em Educação pela UNESP (Botucatu) e pela Universidade do Minho, Braga, Portugal. Foi docente do PPGE do UNISAL, u.e. de Americana, bem como dos cursos de graduação, na mesma instituição, até junho de 2019. Foi professora coordenadora do PIBID "Muito mais do que giz: a importância dos letramentos múltiplos para a proficiência da linguagem escrita". Suas atividades profissionais e de pesquisa estão ligadas ao campo da Educação Sociocomunitária, numa perspectiva de educação para a autonomia, à formação de professores para a Educação Básica, à Educação Inclusiva, aos processos cognitivos e de ensino-aprendizagem, e à reabilitação. Coordenou o Território Educativo de Intervenção Prioritária (TEIP) dos bairros Mathienssen e Jdim dos Lírios, em Americana. É coordenadora do Apprendere, núcleo de estudos e pesquisa em Educação, Cognição e Aprendizagem. Foi editora da Revista de Ciências da Educação, vinculada ao PPGE do UNISAL, Americana. Integrava o grupo de pesquisa CAIPE- Conhecimento e Análise das Intervenções na Práxis Educativa Sociocomunitária. Integrava o Núcleo Docente Estruturante (NDE) dos cursos de Serviço Social, Pedagogia e Tecnologia de Design em Moda, do UNISAL, campus Maria Auxiliadora. Compôs o NAP (Núcleo de Assessoria Pedagógica) do UNISAL. Em seu currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: educação sociocomunitária, educação para a autonomia, formação de professores, processos cognitivos e de ensino-aprendizagem, dificuldades de aprendizagem, educação inclusiva, e auto-organização. É associada das seguintes organizações: 1. AMERICAN EDUCATIONAL RESEARCH ASSOCIATION (AERA), 2. ASSOCIAÇÃO DE FILOSOFIA E HISTÓRIA DA CIÊNCIA DO CONE SUL (AFHIC), 3. ASSOCIAZIONE ITALIANA PER LA RICERCA ED L'INTERVENTO NELLA PSICOPATOLOGIA DELL'APPRENDIMENTO (AIRIPA), 4. ORGANIZAÇÃO CIÊNCIAS E COGNIÇÃO, 5. ASSOCIAÇÃO DE EDUCADORES LATINO-AMERICANOS e 6. ASOCIACIÓN IBEROAMERICANA DE DIDÁCTICA UNIVERSITARIA.

Alfredo Pereira Junior, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências, Departamento de Educação.

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1984), graduação em Administração de Empresas pela Fundação de Ciências Contábeis e Administrativas Machado Sobrinho (1983), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986) e doutorado em Lógica e Filosofia da Ciência pela Universidade Estadual de Campinas (1994). Realizou Pós-Doutorado em Ciências do Cérebro e da Cognição no Massachusetts Institute of Technology (1996-98). Livre-Docente, Professor Adjunto II da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Docente credenciado e orientador de mestrado e doutorado nos programas de Saúde Coletiva (Faculdade de Medicina, UNESP-Botucatu; 1998 até 2018) e Filosofia (Faculdade de Filosofia e Ciências, UNESP-Marília; 1998-atual). Cientista Visitante no KEY Institute for Mind-Brain Research, vinculado à Universidade de Zurique (2012), Pesquisador Visitante no Departamento de Psicologia da Universidade de Copenhagen (2012), Departamento de Ciências dos Fármacos da Universidade de Pavia (2015) e Departamento de Psicologia da Universidade de Londres (2019). Foi coordenador de Tarefa no Projeto Temático/FAPESP "Sistêmica, Auto-Organização e Informação", vinculado ao Centro de Lógica e Epistemologia da Universidade de Campinas (2011-2016). Tem experiência nas áreas de Ontologia, Epistemologia, Psicologia Fisiológica (Neurociência Cognitiva e Afetiva) e Saúde Mental, atuando principalmente nos seguintes temas: Monismo de Triplo Aspecto, Mente e Cérebro, Consciência Humana, Interações Neuro-Astrocitárias, Filosofia das Ciências da Vida e da Saúde.

Lúcia Santaella, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC/SP, Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica.

Lucia Santaella é pesquisadora 1 A do CNPq, graduada em Letras Português e Inglês. Professora titular no programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUCSP, com doutoramento em Teoria Literária na PUCSP em 1973 e Livre-Docência em Ciências da Comunicação na ECA/USP em 1993. É Coordenadora da Pós-graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, Diretora do CIMID, Centro de Investigação em Mídias Digitais e Coordenadora do Centro de Estudos Peirceanos, na PUCSP. É presidente honorária da Federação Latino-Americana de Semiótica e Membro Executivo da Associación Mundial de Semiótica Massmediática y Comunicación Global, México, desde 2004. É correspondente brasileira da Academia Argentina de Belas Artes, eleita em 2002. Foi eleita presidente para 2007 da Charles S. Peirce Society, USA. É também um dos membros do Advisory Board do Peirce Edition Project em Indianapolis, USA e um dos membros do Bureau de Coordenadores Regionais do International Communicology Institute. Foi ainda membro associado do Interdisziplinäre Arbeitsgruppe für Kulturforschung (Centro de Pesquisa Interdisciplinar em Cultura), Universidade de Kassel, 1999-2009. Recebeu o prêmio Jabuti em 2002, 2009, 2011 e 2014, o Prêmio Sergio Motta, Liber, em Arte e Tecnologia, em 2005 e o prêmio Luiz Beltrão-maturidde acadêmica, em 2010. Foi professora convidada pelo DAAD na Universidade Livre de Berlin, em 1987, na Universidade de Valencia, em 2004, na Universidade de Kassel, em 2009, na Universidade de Évora em 2010, na Universidad Nacional de las Artes, Buenos Aires, 2014, na Universidade Michoacana de San Hidalgo, México, 2015 e na Universidade de Caldas, Colômbia, a partir de 2018. Foi pesquisadora associada no Research Center for Language and Semiotic Studies em Bloomington, Universidade de Indiana, em repetidos estágios de pesquisa, especialmente em 1988, pela Fulbright, Nessa mesma universidade, fez pós-doutorado em 1993, pelo CNPq. Desde 1996, tem feito estágios de pós-doutorado em Kassel, Berlin e Dagstuhl, Alemanha, sob os auspícios do DAAD/Fapesp. 258 mestres, doutores e pós-doutores defenderam seus títulos sob sua orientação, de 1978 até o presente e supervisionou 12 pós-doutorados. Tem 50 livros publicados, dentre os quais 6 são em co-autoria e dois de estudos críticos. Organizou também a edição de 21 livros. Além dos livros, Lucia Santaella tem mais de 400 artigos publicados em periódicos científicos no Brasil e no Exterior. Suas áreas mais recentes de pesquisa são: Comunicação, Semiótica Cognitiva e Computacional, Inteligência Artificial, Estéticas Tecnológicas e Filosofia e Metodologia da Ciência.

Max Rogério Vicentini, Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Filosofia.

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994), mestrado em Lógica e Epistemologia pela Universidade Estadual de Campinas (1998), doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2012), com estágio junto à equipe SPHERE do CNRS e à Université Paris VII - Denis Diderot, sob a orientação do Prof. Dr. Michel Paty e Pós-doutorado junto ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, sob a supervisão da Prof. Dr. Maria E. Q. Gonzalez (2018). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em filosofia da ciência, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia, peirce, ciência cognitiva, qualia e evolução. 

Downloads

Publicado

June 15, 2004

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

Co-publisher's ISBN-13 (24)

85 -7139520 - 9

Date of first publication (11)

2004

Dimensões físicas

160mm x 230mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas