Dez anos do Grupo PET Ciências Sociais

Autores

Fátima Cabral (ed)
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Sociologia e Antropologia.

Palavras-chave:

Sociologia -Universidade, Grupo PET. 3. Programa Especial de Treinamento

Sinopse

Desde que assumi a Pró-Reitoria de Graduação, PROGRAD, empreendi diversas iniciativas em defesa do Programa PET. Foram audiências públicas, reuniões de tutores, idas para Brasília, conversas com autoridades ela educação e, principalmente, gestões diretas para liberação ele recursos. É claro que esta é uma obrigação gratificante, portanto, realizá-la acarreta em prazeroso ganho. No entanto, melhor seria que muitas delas fossem deixadas ele lado para que somente o ele melhor proveito tomasse lugar. Agora é um desses momentos que vale a pena: apresentar uma publicação ele um Grupo PET. O material a seguir é a prova concreta de que mesmo as instabilidades e clificuldacles não podem impedir que jovens dedicados deixem de ir adiante em busca cio conhecimento e da participação na sociedade. Serão aqui apresentados relatos sobre experiências e reflexões que mostram uma vontade ele contribuir e criar. É a energia do saber associada a vontade de ir adiante. Todos devemos, sempre, ter tal exemplo como incentivo. Não só congratulo os autores, mas, principalmente, os agradeço.

 Selo Editorial:

 Unesp_Marília_Publcações2.jpg

Capítulos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Cabral, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências - Campus de Marília, Departamento de Sociologia e Antropologia.

Possui graduação em Ciencias Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1986), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1992) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Membro Pesquisador junto aos grupos de Pesquisa Cultura e Política do Mundo do Trabalho (desde 1998), Cinema e Literatura (desde 2003), Intelectuais, Esquerdas e Movimentos Sociais (desde 2012), todos com registro no Diretório de Pesquisa do CNPq. Membro do Corpo Editorial da Revista Novos Rumos (0102-5864) e da Revista Eletrônica Baleia na Rede (ISSN 1808-8473). Membro do Conselho de Colaboradores do Instituto Astrojildo Pereira (desde 2014). Membro de corpo editorial da Revista Margem Esquerda de 2003 a 2009 e da Revista Perspectivas (São Paulo), de 2001 a 2009. Tem experiência na área de Sociologia, atuando principalmente com referências teóricas do materialismo histórico e teoria critica. Temáticas: modernidade e pós-modernidade; relações entre arte, cultura e política, indústria da cultura, consumo, ideologia e estranhamento

Ricardo Rodrigues Alves de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Departamento I - Campus Goiânia.

Professor de Sociologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) - Campus São José dos Campos. Pós-doutorando em Educação pela Unesp de Marília. Doutor em História pela Universidade Federal de Goiás. Possui graduação em Ciências Sociais - Bacharelado (1998) e Licenciatura (1999) - pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Mestrado em Ciências Sociais também pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003), Campus de Marília. Atuação nas seguintes áreas: organizações políticas da classe trabalhadora, formas históricas do desenvolvimento capitalista.

Alexandro Henrique Paixão, Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Departamento de Ciências Sociais na Educação.

Professor de Sociologia da área de Pensamento Social e Educação, do Departamento de Ciências Sociais na Educação e Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas. Graduação em Ciências Sociais, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp: 1998-2001); Mestrado em Sociologia, Universidade de São Paulo (USP:2003-2005); Doutorado em Sociologia, Universidade de São Paulo (USP:2008-2012), com estágio de pesquisa na Université de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines (2010-2011); Pós-doutorado em Teoria e História Literária, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp: 2013-2014); Especialização em Saúde Mental e Especialização em Psicoterapias Psicanalíticas, Centro de Formação e Assistência à Saúde Mental (Cefas: 2018-2019); Membro Filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP: 2020). Colaborador na Clínica Transcultural da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP); Coordenador do Laboratório de Estudos de Cultura, História, Educação, Sociologia e Psicanálise (LECHESP/FE-UNICAMP); e dos Projetos É preciso falar sobre as ausentes: mulheres cronistas na imprensa oitocentista (pesquisa em acervos) e Raymond Williams e Donald Winnicott: formar e cuidar de sobreviventes. 

Graziella Reis de Sant'ana

Antropóloga, com graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Marília (2001), graduação em Ciências Sociais Licenciatura Plena pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Marília (2002), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Marília (2004) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2010), área temática do Doutorado: Sociedades Indígenas: História, Etnologia e Política. Atualmente é colaboradora do Projeto GATI - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e Prof. no Mestrado em Antropologia/PPGANT/UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: política indigenista, movimento indígena, identidade étnica; associativismo; gestão territorial; natureza e cultura.

Alexander Maximilian Hilsenbeck Filho

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp, 2003), graduação em Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela Unesp (2004), mestrado em Ciências Sociais pela Unesp (2007) e doutorado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp, 2013). Atualmente é pesquisador do Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina; do Grupo de Pesquisa Comunicação, Política e Sociedade do Espetáculo e do Núcleo de Estudos de Ideologias e Lutas Sociais; Professor de Ciência Política e de Cultura Brasileira na Faculdade Cásper Líbero (FCL). Tem experiência na área de Ciência Sociais, com ênfase em Ciência Política, atuando principalmente nos seguintes temas: Exército Zapatista de Libertação Nacional, Zapatismo, Movimento Indígena, Movimento Sem Terra, Questão Agrária, Movimento Social, América Latina, Lutas Sociais, Democracia, Artes e Estética, Games e Comunicação Política.

Downloads

Publicado

February 5, 2003

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Impresso

Impresso

Co-publisher's ISBN-13 (24)

85-86738-24-7

Date of first publication (11)

2003

Dimensões físicas

160mm x 230mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: E-book

E-book

Dimensões físicas