https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/issue/feed Laboratório Editorial 2021-03-30T21:51:37-03:00 Mariângela Spotti Lopes Fujita labeditorial.marilia@unesp.br Open Monograph Press <p class="Texto" style="text-align: justify;"><span style="font-size: medium;">O Laboratório Editorial (LE) da&nbsp;Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC)&nbsp;- UNESP/campus de Marília&nbsp;foi instituído em 2009 com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC e, ao mesmo tempo, apoiar a editora "Oficina Universitária" (selo editorial da própria Faculdade). Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC, vinculado à Seção Técnica de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (STAEPE)&nbsp;e ao Escritório de Pesquisa e Internacionalização, com o apoio da Seção Gráfica, da Biblioteca, e das Seções Técnicas de Finanças, de Materiais (responsável pelas compras e contratações de serviços) e Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar e planejar os livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.</span></p> <p class="Texto" style="text-align: justify;"><span style="font-size: medium;">Ressaltamos que todas as obras publicadas pela FFC recebem, além do selo "Oficina Universitária", o selo editorial "Cultura Acadêmica" da Editora da UNESP (<a href="http://editoraunesp.com.br/" target="_blank" rel="noopener">http://editoraunesp.com.br/</a>).</span></p> https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/232 Adorno, o fascismo e o mal 2021-03-30T21:20:17-03:00 Sinésio Ferraz Bueno labeditorial.marilia@unesp.br Alonso Bezerra de Carvalho labeditorial.marilia@unesp.br <p>Um dos pensadores do século XX que mais se dedicou ao estudo crítico do fascismo foi o filósofo e sociólogo alemão Theodor Adorno. Seu trabalho detalhou a vulnerabilidade emocional do cidadão comum a preconceitos, apelos de adesão grupal e de fúria destrutiva dirigidos contra as vítimas da perseguição fascista. Na realização de sua análise crítica, Adorno empregou principalmente conceitos da psicanálise freudiana e do materialismo dialético. Este livro apresenta o estudo crítico de Adorno sobre o fascismo, mas também procura demonstrar que a destrutividade e crueldade do fascismo extrapolam a análise proposta por Adorno, e por isso requerem o emprego do conceito de mal metafísico para sua compreensão mais ampla. Com esse objetivo, a primeira parte do trabalho expõe os elementos teóricos centrais utilizados por Adorno para entender e criticar o fascismo. Na segunda parte, são expostos os conceitos filosóficos mais importantes para se compreender o conceito metafísico de mal e também suas implicações relacionadas com o campo da educação.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong><em>Selo Editorial:</em></strong></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip0.png">&nbsp; &nbsp; &nbsp;&nbsp; &nbsp; &nbsp;<img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip1.png"></p> <p><strong><em>Apoio:</em></strong></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip2.png"></p> 2021-03-26T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/233 O ensino de filosofia no ensino médio técnico 2021-03-30T21:51:37-03:00 Daniel Salésio Vandresen labeditorial.marilia@unesp.br Rodrigo Pelloso Gelamo labeditorial.marilia@unesp.br <p>Neste livro defendemos que a tarefa ético-política do ensino de filosofia no ensino médio técnico seja o de proporcionar a aprendizagem do exercício de si por meio de uma prática filosófica que se realiza em uma tensão agonística do coabitar problemas. Neste trabalho procuramos refletir sobre o ensino de filosofia como uma prática existencial, isto porque, tradicionalmente, o ensino de filosofia tem sido analisado sob o víeis dos processos pedagógicos “do que ensinar?” (reflexão sobre conteúdos) e “como ensinar em filosofia?” (reflexão sobre metodologias), no entanto, nossa proposta é de deslocamento das questões de ensino-aprendizagem para pensar a filosofia e seu ensino como uma atitude (êthos filosófico), ou seja, como um exercício de si que transforma a vida. E nesse exercício sobre a vida como criação de experiências singulares e de atitudes peculiares, a filosofia tem um papel indispensável na formação de uma educação para a diferença, confrontando o atual cenário de crescimento de comportamentos preconceituosos e de espaços de intolerância.</p> <p><strong><em>Selo Editorial:</em></strong></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip0.png">&nbsp; &nbsp; &nbsp;&nbsp;&nbsp; &nbsp; <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip1.png"></p> <p><strong><em>Apoio:</em></strong></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip2.png">&nbsp; &nbsp;</p> 2021-03-26T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/231 Intelectuais, cultura e pensamento social no Brasil 2021-03-24T15:52:37-03:00 Marcelo Augusto Torri labeditorial.marilia@unesp.br Rodrigo Czajka labeditorial.marilia@unesp.br Anderson Deo labeditorial.marilia@unesp.br Caroline Gomes Leme labeditorial.marilia@unesp.br Fabio Mascaro Querido labeditorial.marilia@unesp.br Flávio da Silva Mendes labeditorial.marilia@unesp.br Marco Antonio Rossi labeditorial.marilia@unesp.br Maria Ribeiro do Valle labeditorial.marilia@unesp.br Thiago Bicudo Castro labeditorial.marilia@unesp.br Vitor Machado labeditorial.marilia@unesp.br <p>Falar em Pensamento Social no Brasil hoje tem impelido pesquisadores a expandir os limites teóricos e metodológicos da sociologia na busca de uma abordagem mais pormenorizada do trabalho intelectual, artístico, da militância cultural e da chamada arte engajada. Isto é, além de empreender análises em torno das “teorias do Brasil”, as pesquisas sobre pensamento social têm voltado à atenção sobre as condições diversas nas quais essas “teorias” foram lidas, interpretadas e colocadas em debate, seja por intelectuais ou pelos movimentos sociais aos quais eles estavam atrelados.</p> <p><strong><em>Selo Editorial:</em></strong></p> <p><strong><em><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip0.png" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip1.png" /></em></strong></p> 2021-03-24T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/229 O estatuto científico da ciência cognitiva em sua fase inicial 2021-03-18T14:56:05-03:00 Marcos Antonio Alves labeditorial.marilia@unesp.br Alan Rafael Valente labeditorial.marilia@unesp.br João de Fernandes Teixeira labeditorial.marilia@unesp.br <p><span style="color: rgba(0,0,0,0.87); font-family: 'Noto Serif',serif; font-size: 14px;">O objetivo desta obra é averiguar o estatuto da ciência cognitiva em sua formação, mais especificamente, entre os anos de 1940 e 1970. Teria ela começado como pré-ciência ou já teria se estabelecido como ciência normal? Para responder a essa questão, os autores apresentam o surgimento dessa área de pesquisa em dois contextos: histórico e epistemológico. Feito isso, analisam, com base no arcabouço conceitual da Estrutura das Revoluções Científicas de Thomas Kuhn, o estatuto científico da ciência cognitiva em sua fase inicial.</span> </p> <p><strong><em>Selo Editorial:</em></strong></p> <p><strong><em><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip0.png" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/isabellelima23/mceclip1.png" /> <br /></em></strong></p> 2021-03-18T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/224 Dados abertos interligados : publicação, recuperação e integração de acervos de arquivos, bibliotecas e museus na web 2021-02-26T10:23:11-03:00 Carlos Henrique Marcondes ch_marcondes@id.uff.br <p>As tecnologias de dados abertos vinculados fazem parte da Web Semântica e são uma nova forma de representar conteúdos para que os programas, além de publicá-los, possam compreender seus significados e processá-los de forma mais inteligente.<br />Neste novo paradigma tecnológico os conteúdos são independentes de programas específicos; podem ser publicados diretamente na web e ser enriquecidos, integrados e contextualizados por seus curadores originais e/ou por terceiros. Da mesma forma, eles são estruturados em formatos que permitem seu uso por usuários humanos e aplicações informáticas.<br />Este livro é dirigido a profissionais de informação, gestores de acervos de instituições arquivísticas, bibliotecas e museus ou profissionais de tecnologia da informação de instituições que estejam desenvolvendo ou planejem desenvolver projetos de digitalização e publicação de seus acervos segundo as tecnologias de dados abertos interligados.</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> 2021-02-26T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/185 Aprendizagem Cooperativa: fundamentos, pesquisas e experiências educacionais brasileiras 2020-11-30T09:23:30-02:00 Alessandra de Morais alemorais.shimizu@gmail.com Laís Marques Barbosa Laais.marques@outlook.com Patrícia Unger Raphael Bataglia patriciaurbataglia@gmail.com Mariana Lopes de Morais mariana.lopesmorais@hotmail.com Adreiton Ferreira Bellarmino de Deus adreiton@gmail.com Antonio Sérgio Cobianchi cobi@debas.eel.usp.br Camila Barreto Silva camilapedagogiaufc@gmail.com Carolina Nascimento Spiegel carolina.spiegel@gmail.com Cássio Gomes Rosse cassiogrosse@gmail.com Cilmara Cristina Rodrigues Mayoral Brunatti cillrodrigues@hotmail.com Danielli Cristina Pimenta Magioni pepperdani@hotmail.com Flávia Camargo Busatte fbusatte@yahoo.com.br Flávia Maria de Campos Vivaldi flamacavi@gmail.com Francisane Maia framaia23@gmail.com Janaina Fernanda Gasparoto Fusco janainafusco@hotmail.com Jean Robert Poulin jean-robert_poulin@uqac.ca Laia Falcón lfalcon@ccinf.ucm.es Leandra Chaves Marques Melim lemelim@gmail.com Márcia Miranda Silveira Bello marciamsbello@gmail.com Maria da Rosa Capri mariarosa@usp.br María José Díaz-Aguado mjdiazag@psi.ucm.es Maurício Roberto Motta Pinto da Luz mauriciompluz@gmail.com Miguel Cláudio Moriel Chacon profmcmchacon@gmail.com Rita Vieira de Figueiredo aee.rira@gmail.com Vera Lucia Messias Fialho Capellini vera.capellini@unesp.br <p>Destacamos a relevância desta obra para a Educação brasileira, considerando-se a necessidade de implementação de metodologias de ensino e aprendizagem como a Aprendizagem Cooperativa, a qual se volta para o trabalho com o conhecimento, de modo ativo e interativo, sistematizado em pequenos grupos heterogêneos e favorecendo o desenvolvimento de competências cooperativas, da motivação para a aprendizagem e da autonomia moral dos estudantes, em uma perspectiva inclusiva. Nesse sentido, esta obra é de grande valia para educadoras e educadores, assim como para pesquisadores e pesquisadoras da temática, por trazer os principais referenciais teóricos nos quais a Aprendizagem Cooperativa se fundamenta, por ter seu desenvolvimento como campo de conhecimento, assim como por apresentar pesquisas empíricas efetivadas na realidade educacional brasileira.</p> <p>As organizadoras</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> 2021-01-05T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/214 Mulheres, Gênero e Sexualidades na sociedade - diversos olhares sobre a cultura da desigualdade - Volume II 2021-01-18T12:50:26-02:00 Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo tania.brabo@unesp.br Aida Maria Monteiro Silva trevoam@terra.com.br Alexandre de Castro xadrecas@gmail.com Alicia Cabezudo acabezudo@unr.edu.ar Amanda Valiengo amanda.valiengo@ufsj.edu.br Ana Claudia Bazé de Lima anabazeti@hotmail.com Ana Laura Bonini Rodrigues de Souza ana.bonini@unesp.br Ana Paula Romano anap.romano@hotmail.com Andressa Cristina Molinari andressacmolinari@gmail.com Arilda Ines Miranda Ribeiro arildainesribeiro@gmail.com Cyntia Graziella Guizelim Simões Girotto cyntia.girotto@unesp.br Daniele Aparecida Russo danirusso1@hotmail.com Jamilly Nicacio Nicolete jamillynicacio@hotmail.com Jane Soares de Almeida tania.brabo@unesp.br Jefferson Nunes de Cerqueira Guimarães jeff.guimaraes79@hotmail.com Jorge Luís Mazzeo Mariano jorge.mariano@ufms.br Luceli Calle lucelicalle@hotmail.com Luila Ferreira Eccheli lu_eccheli@hotmail.com Luiz Henrique Moreira Soares luizhsoares83@gmail.com Maria de Fátima Oliveira m.fatimaro@hotmail.com Mariângela Spotti Lopes Fujita mariangela.fujita@unesp.br Matheus Estevão Ferreira da Silva matheus.estevao2@hotmail.com Nilma Renildes da Silva nilma.renildes@unesp.br Plínio Antônio Britto Gentil pabgentil@apmp.com.br Rosane Michelli de Castro r.castro@unesp.br Rosiney Aparecida Lopes do Vale rosineyvale@uenp.edu.br Rui Amadeu Bonde ruiabonde@gmail.com Sandra Aparecida Pires Franco sandrafranco@uel.br Sandra Mara Pereira dos Santos soul_mara@yahoo.com.br Silvana Paulina de Souza Souza silvanapaulina@uol.com.br Stela Miller stelamillercel@gmail.com Suelen Cristina Landi Ramos suelen.landi@hotmail.com Talita Santana Maciel talita.s.maciel@hotmail.com Thais Emília de Campos dos Santos thais.emilia@hotmail.com Wilson Roberto Batista brnosliw07@gmail.com <p>MULHERES, GÊNERO E SEXUALIDADES NA SOCIEDADE - DIVERSOS OLHARES SOBRE A CULTURA DA DESIGUALDADE</p> <p>A violência contra a mulher tem sido uma das características marcantes da sociedade brasileira e perpassa todas as classes sociais, muitas vezes vista de forma natural. Os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, evidenciam índices preocupantes de aumento: 648 mulheres foram vítimas de feminicídios no primeiro semestre de 2020, ou seja, um aumento e 1,9% em relação ao mesmo período em 2019.<br />Essa é uma constatação histórico-cultural que exige ações educativas consistentes, sistemáticas de maneira que possam trabalhar as subjetividades das pessoas, a partir de valores da dignidade, do respeito ao ser humano, na concepção de direito à diferença na igualdade.<br />Tratar de temas dessa natureza são contribuições imprescindíveis para os processos formativos de todas as pessoas, em todos os níveis de escolarização e, em todas as áreas de conhecimento.<br />Este livro, portanto, contribui para ampliar e fortalecer o debate, com uma vasta e importante produção, ao tratar da violência em sua relação com: Gênero, Sexualidade e como os mesmos são tratados na sociedade.</p> <p>Aida Monteiro</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p> </p> 2020-12-23T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/202 Mulheres, Gênero e Sexualidades na sociedade - diversos olhares sobre a cultura da desigualdade - Volume I 2021-01-14T15:05:11-02:00 Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo tania.brabo@unesp.br Adenize Aparecida Franco tania.brabo@unesp.br Ana Cláudia dos Santos Rocha ana.c.rocha@ufms.br Ana Laura Bonini Rodrigues de Souza ana.bonini@unesp.br Ana Maria Klein ana.klein@unesp.br Antônio Rodrigues Neto antoniorneto89@gmail.com Arilda Ines Miranda Ribeiro Ribeiro arildainesribeiro@gmail.com Carlos Rodrigues Brandão carlosdecaldas@gmail.com Circe Milena Zamorano Chávez circe.zamorano@yahoo.com.mx Cláudia Pereira Vianna cpvianna@usp.b Diana Patrícia Ferreira de Santana diana.santana@ifpr.edu.br Eliana Cristina Pedroso de Oliveira ecpedros@gmail.com Eunice Macedo eunice@fpce.up.pt Flor de Maria Meza Tananta flor.meza@cseam.udelar.edu.uy Gisella Evangelisti gisti101@yahoo.com Jamilly Nicácio Nicolete jamillynicacio@hotmail.com Jane Soares de Almeida tania.brabo@unesp.br Jeniffer Ribeiro Pessôa jenifferrpessoa@gmail.com Joicimar Cristina Cozza joice_cozza@hotmail.com Jorge Luís Mazzeo Mariano jorge.mariano@ufms.br José Alberto Baeza Villamil prof.villamil@hotmail.com Julia Del Carmen Chávez Carapia jcccarapia@yahoo.com.mx Keith Daiani da Silva Braga keith.braga@ifg.edu.br Leonardo Lemos de Souza leonardo.lemos@unesp.br Luiz Henrique Moreira Soares luizhsoares83@gmail.com Marcio Rodrigo Vale Caetano mrvcaetano@gmail.com Mariângela Spotti Lopes Fujita mariangela.fujita@unesp.br Nuria Piñol nuripinol@yahoo.com Paola Melchiori pmelchiori@gmail.com Raul Aragão Martins raul.martins@unesp.br Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos rodrigo.passos@unesp.br Rosiney Aparecida Lopes do Vale rosineyvale@uenp.edu.br Sofia Almeida Santos sofiasantos@fpce.up.pt Sônia Aparecida Custódio sonia@famema.br Suelen Cristina Landi Ramos suelen.landi@hotmail.com Tereza Cristina Albieri Baraldi tecabar@terra.com.br Thais Emília de Campos dos Santos thais.emilia@hotmail.com <p>Esta coletânea é resultado do incansável comprometimento de Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo com a sistematização e a divulgação do debate de gênero nas Ciências Humanas em suas mais variadas áreas.<br />Este volume articula as temáticas de gênero e de direitos humanos contribuindo para a reflexão sobre temas ainda hoje considerados polêmicos e, atualmente, sob a mira do ataque antigênero. <br />Com diferentes perspectivas os textos aqui compilados nos ajudam a resgatar um longo trajeto no qual as distintas dimensões da ampliação dos direitos humanos sob a ótica das relações de gênero enfrentam a produção das desigualdades impostas às mulheres e às pessoas LGBTQIA+ em suas múltiplas formas de opressão. Mas vai além ao registrar também a resistência e a construção de uma cidadania ampliada capaz de conquistas coletivas criadas e fortalecidas na ação conjunta. <br />Em tempos de desafios extremos impostos pela pandemia causada pelo novo coronavírus com a intensificação da morte e da subalternização de mulheres e de pessoas que fazem parte da comunidade LGBTQIA+ fica o convite à leitura de uma obra de importante contribuição ao considerar as relações sociais de gênero como dimensão que estrutura as desigualdades sociais e impulsiona a luta por direitos.</p> <p>Cláudia Vianna<br />Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP)</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> 2020-12-23T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/184 Avaliação da fala e da linguagem: perspectivas interdisciplinares em Fonoaudiologia 2020-11-19T15:59:25-02:00 Célia Maria Giacheti celia.giacheti@unesp.br Aline Mara de Oliveira lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Amanda Gabriela de Oliveira lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Amanda Traqueta Ferreira-Vasques lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Ana Carina Tamanaha lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Ana Claudia Moreira Almeida Verdu lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Ana Luiza Navas lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Aparecido José Couto Soares lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Brasília Maria Chiari lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Camila de Castro Corrêa lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com César Augusto Baaklini lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Clay Brites lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Cristiane Moço Canhetti de Oliveira lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Debora Maria Befi-Lopes lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Deisy das Graças de Souza lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Dionísia Aparecida Cusin Lamônica lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Elena Garayzábal Heinze lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Eliana Maria Gradim Fabbron lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Erlane Marques Ribeiro lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Evelyn Alves Spazzapan lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Irene Hidalgo de La Guía lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Irene Queiroz Marchesan lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Jacy Perissinoto lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Júlia Zanetti Rocca lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Kriscia Gobi Rosa lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Larissa Cristina Berti lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Letícia Alvieri Riato lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Livia Maria Silva Gomes lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Lourenço Chacon lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Luciana Paula Maximino lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Maria Cecília Bayer Pereira lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Maria Gabriela Cavalheiro lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Natalia Freitas Rossi lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Raquel Melo Golfeto lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Renata Cavalcante Barbosa Haguette lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Roberta Gonçalves da Silva lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Roberta Lopes de Castro Martinelli lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Sarah Pereira Alonso lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Simone Ribeiro Araujo de Almeida lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Suely Mayumi Motonaga Onofri lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Talissa Almeida Palharini lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Vitor Engrácia Valenti lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Viviane Cristina de Castro Marino lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Léslie Piccolotto Ferreira lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Este livro é resultado das atividades científicas desenvolvidas durante o III Simpósio Internacional do Grupo de Pesquisa “Avaliação da Fala e da Linguagem” – Perspectiva Interdisciplinar em Fonoaudiologia; II Encontro de Pesquisadores em Linguagem; e III Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e Genética dos Distúrbios da Comunicação. Este evento foi realizado no período de 16 a 18 de maio de 2019, na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, no município de Marília - SP, sob minha coordenação. <br />O Simpósio teve por objetivo promover um debate sobre temas contemporâneos em Avaliação da Fala e da Linguagem e a intersecção de grandes áreas do conhecimento, que compartilham o mesmo objeto de pesquisa – A Comunicação Humana e seus transtornos.</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_CNPq5.jpg" /></p> <p>CNPq - Processo nº 403473/2018-7</p> 2020-12-22T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/207 Educação sexual na escola 2021-01-14T18:37:58-02:00 Jéssica Sampaio Fiorini jessicafiorini.unesp@gmail.com Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo tania.brabo@unesp.br <p>De que forma a escola trabalha as questões relacionadas à sexualidade? Há entraves para a promoção da educação sexual nas escolas? De que maneira a escola poderia contribuir para a superação de tabus e preconceitos acerca das questões de gênero e sexualidade? Este livro contém o resultado de uma pesquisa de Mestrado realizada no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC/UNESP – Marília. Aborda a temática da educação sexual nos anos iniciais do Ensino Fundamental, trazendo os principais conteúdos e discussões a respeito desse tema, além de reflexões importantes sobre o currículo escolar e sobre práticas de professores/as em relação às questões ligadas à sexualidade. É nossa expectativa compartilhar estudos que possam contribuir para um maior esclarecimento sobre a temática da educação sexual, especialmente no âmbito da infância, além de colaborar com a modificação nas tomadas de decisões sobre o tema em questão.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg">&nbsp; &nbsp; &nbsp;&nbsp;<img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg">&nbsp; &nbsp;&nbsp;</p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg">&nbsp; &nbsp; &nbsp;</p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/206 Educação, filosofia e magia: uma anarqueologia do cuidado de si entre o Daimon e os sonhos 2021-01-14T18:15:53-02:00 Tiago Brentam Perencini lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Pedro Angelo Pagni lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Alexandre Simão de Freitas lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p style="text-align: justify; line-height: normal;"><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">Este livro é uma investigação transversal entre os campos da educação, da filosofia e da magia. Dada a percepção da emergência de saberes e práticas da magia no tempo presente, procuro analisar a seguinte problemática: <em>Como a relação entre filosofia </em>e<em> magia permite experimentarmos </em>outra<em> educação filosófica no tempo presente?</em> O meu objetivo geral </span><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">é desenvolver usos aproximados entre magia e filosofia que problematizem práticas vigentes em nossa formação acadêmica em filosofia</span><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">. Experimento a hipótese de que tornar visível a ética do <em>cuidado de si</em> em sua dimensão arcaica – cronologia emergente da filosofia ocidental - permite uma integração ao campo da magia como possibilidade de ensaiar um tipo de educação filosófica que amplia o conjunto de <em>técnicas de si</em> para além do pensamento crítico e do </span><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">humanismo como paradigma epistemológico e disciplinar que nos subjetiva atualmente</span><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">. </span><span style="font-size: 12.0pt; font-family: Times New Roman,serif;">Penso o <em>cuidado de si</em> enredado a dois conceitos-chave que a ele se relacionam no período arcaico: o <em>daimon </em>e os sonhos. A especificidade de meu objeto convida Michel Foucault como o principal interlocutor, mas exige que eu pense <em>com </em>e <em>para além </em>dele. Para tanto, ensaio uma <em>anarqueologia</em> como procedimento e atitude de pesquisa, mostrando certa interface <em>(in)desejável</em> entre biopolítica e magia e também o gesto de apagamento do pensamento visionário promovido pelo discurso secularizado da filosofia. Tal caminhada tem me possibilitado ensaiar uma educação filosófica pelo <em>dom</em>, que integre uma ontologia da alma à estilística da existência pela dimensão ascética e erótica do cuidado de si como desafio para a contemporaneidade.</span></p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/203 A escola da juventude paulista 2021-01-14T15:40:40-02:00 Carlos Alberto Diniz carlos.diniz@unesp.br Rosa Fátima de Souza Chaloba rosasouzachaloba@gmail.com <p>Como ocorreu no Estado de São Paulo a expansão dos ginásios públicos no período da redemocratização? Como os Poderes Executivo e Legislativo estadual atuavam em torno dessa questão para responder às demandas da população da capital e dos demais municípios paulistas? Tais questões orientaram toda esta obra, cujos resultados indicam um notório processo de expansão das escolas ginasiais em um ritmo extraordinariamente acelerado, ocorrido de modo discrepante em diversos aspectos, uma vez que prevaleceram critérios políticos em detrimento de critérios educacionais. Temática de grande atualidade e interesse para estudantes, professores e pesquisadores da área da Educação, a questão da expansão das redes de ensino diz respeito diretamente à democratização e ampliação da cidadania. Nesse sentido, o conhecimento de natureza histórica, sobretudo no que tange à relação entre política e educação, pode contribuir sobremaneira para qualificar a discussão e subsidiar reflexões sobre a expansão da escolarização no país e, de igual maneira, problematizar a conjuntura educacional brasileira no presente.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /></p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/205 Movimentos sociais e políticas educacionais na Era da barbárie 2021-01-14T17:53:11-02:00 Henrique Tahan Novaes lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Fabiana de Cássia Rodrigues lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com João Henrique Souza Pires lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Lais Ribeiro dos Santos Lima lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Raimundo José dos Santos Filho lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Fabio Sousa Mendonça de Castro lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Gabriel Nemirovsky lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Julio Hideyshi Okumura lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Aline Cristine Ferreira Braga do Carmo lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Mônica Galhego Sampaio monigalhego@bol.com.br Bruno Michel da Costa Mercurio lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Douglas Antonio Rodrigues Silva lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Filipe Bellinaso lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Edevania Trevizan lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Os capítulos que integram o livro intituladoMovimentos sociais e políticas educacionais na era da barbárie, organizado por Henrique Tahan Novaes, apresentam resultados de diferentes pesquisas desenvolvidas em trabalhos de doutorado, mestrado e iniciação científica, que têm como temática aglutinadora o trabalho, a educação e a democracia nos movimentos sociais. A principal categoria que perpassa os diferentes estudos é a do trabalho associado. O trabalho associado diz respeito a coletivos de trabalhadores que se auto-organizam para produzir. Na auto-organização dos trabalhadores são vivenciadas novas relações de trabalho e de divisão do poder que apontam para uma perspectiva organizacional do trabalho anti-hegemônica. Além da organização do trabalho, outro tema recorrente nos coletivos de trabalho associado é o da educação, teorizada e praticada como uma educação para além do capital. O contato com este excelente livro trará, sem dúvida, uma leitura muito proveitosa para as pessoas interessadas nas temáticas ligadas à educação democrática e ao trabalho associado.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/198 A formação ética do psicólogo: ambiente acadêmico e competência moral 2021-01-13T17:34:58-02:00 Thaísa Angélica Déo da Silva Bereta lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Patricia Bataglia lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Esta obra aborda a problemática da formação em Psicologia, especialmente quanto à formação ética e moral para o exercício da profissão. Apresenta os conceitos, as diretrizes curriculares, a interdisciplinaridade, as metodologias ativas e o papel do professor; colaborando com a reflexão de estudantes de Graduação em Psicologia e em Educação, de docentes, de instituições educacionais e de conselhos de classe preocupados com a formação ética da Psicologia no Brasil.</p> <p>Ao abordar a formação ética do psicólogo, temos a visão das dimensões assumidas por esse saber científico, quer no relacionamento consigo mesmo, quer nas relações interpessoais, quer no posicionamento político com a sociedade ou, ainda, na possibilidade da construção de uma concepção crítica do entorno. No processo ensino-aprendizagem, os estágios supervisionados em Psicologia possibilitam a formação de profissionais com maior capacidade de integração entre teoria, técnica e prática. Integração essa que contribui para maior sensibilidade dos profissionais às demandas, à integralidade do outro e a seu papel social e ético.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/197 Espaço e lugar privilegiado para formação de professores: Instituto de Educação “Fernando Costa” (1953-1975) 2021-01-13T15:32:31-02:00 Aline de Novaes Conceição lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Macioniro Celeste Filho lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Os Institutos de Educação eram instituições complexas, cujo eixo central era a formação de professores articulada com vários níveis de ensino que funcionavam nos próprios institutos. Neste livro, Aline de Novaes Conceição reconstitui elementos de uma história do Instituto de Educação “Fernando Costa”, que funcionou de 1953 a 1975, enfocando a instalação, encerramento e as vivências dos sujeitos da instituição, ou seja, alunos, familiares, professores, diretores e supervisores.</p> <p>A autora explica que a instituição pesquisada foi recebida positivamente pelos habitantes da cidade e o encerramento causou indignação e manifestações contrárias. O Instituto de Educação “Fernando Costa”, funcionou buscando um diálogo com a localidade, tendo a formação dos professores sido realizada articulando com a prática vivenciada pelos sujeitos no Curso Primário Anexo, no Ensino Secundário e no Curso Colegial, sendo esse instituto um espaço privilegiado para a formação de professores, cujos cursos localizados nesse espaço, tinham conflitos que envolviam diretores, professores e alunos.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/196 Educação e humanização de bebês e de crianças pequenas: conceitos e práticas pedagógicas 2021-01-12T16:51:42-02:00 Érika Christina Kohle erika.kohle@gmail.com Anderson Borges Corrêa abc-anderson@outlook.com Monalisa Gazoli monalisa_gazoli@hotmail.com Regina Aparecida Marques de Souza regina.souza@ufms.br Renata de Souza França Bastos de Almeida renata.bastos@unesp.br Suely Amaral Mello suepedro@terra.com.br Amanda Trindade Garcia rindade.amanda@gmail.com Ana Cláudia Bonachini Mendes bonachini.thc@gmail.com Gabriela Tebet lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Simone Silveira dos Santos simonesantos_lbv@hotmail.com Camila Godoy Paredes camilinha_gparedes@hotmail.com Rafael Franco Lobo rafaflobo.diretor@gmail.com Juliana Guimarães Marcelino Akuri juakuri@hotmail.com Marcelo Campos Pereira marcelocampo0@gmail.com Vanessa Milani Labadessa vanessa.milani@ifro.edu.br Ana Lúcia Borges analuborges@folha.com.br Juliana Xavier Moimás julyanamoimas@hotmail.com Cleide de Araújo Campos emaildacleide6@gmail.com Karolyne Aparecida Ribeiro Kusunoki karolkusunoki@gmail.com Mariana Natal Prieto m.prieto@unesp.br <p>Este livro nasceu do desenvolvimento da disciplina Implicações Pedagógicas da Teoria Histórico-Cultural e Educação Infantil do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesp, Campus de Marília, SP. Apresenta algumas reflexões sobre aspectos do desenvolvimento humano na pequena infância considerando as experiências vividas pelas crianças desde seu nascimento formam sua personalidade e sua inteligência – o que mais recentemente tem sido comprovado pelas neurociências.</p> <p>Revela algumas formas de melhor promover o desenvolvimento humano na infância, que envolvem uma nova forma de organização do espaço – com diversidade de materiais: de livros a materiais naturais que possam ser usados de múltiplas maneiras pelas crianças, que estejam acessíveis às suas mãos, que sejam organizados de forma perceptível com as crianças, que presentem a cultura nas suas formas mais elaboradas (VYGOTSKY, 2018) sem subestimar a possibilidade das crianças educarem sua sensibilidade seja para a ciência, seja para a arte.</p> <p>Uma nova cultura escolar envolve também novas formas de organização e gestão do tempo que reserve às crianças tempo livre para escolher atividades, tempos de atividade diversificada em que haja a possibilidade de escolher entre algumas atividades propostas pelo professor, além das atividades apresentadas pelo professor com o propósito de ampliar aquilo que as crianças já conhecem. Essas novas formas de organização e de gestão do tempo respeitam os tempos das crianças, considerando que eles são diferentes dos tempos dos adultos. Por isso, não cabem as formas de antecipação da escolaridade e o abreviamento da infância que tem sido imposto na escola de Educação Infantil com a aprovação de muitas famílias.</p> <p>Essa nova cultura escolar envolve igualmente novas formas de relação entre adultos e crianças, requer o aprofundamento do acolhimento e da escuta dos desejos, interesses e necessidades das crianças como método do trabalho docente: relações horizontais que garantam a participação das crianças e a cooperação entre adultos e crianças na organização da vida na escola; relações de comunicação entre adultos e crianças no acesso ao conhecimento, à cultura. E tudo isso, levará a uma nova qualidade das atividades propostas e realizadas na escola – no sentido que a Teoria Histórico-Cultural dá ao termo atividade: de envolvimento da criança com o corpo, o pensamento e a emoção nas situações vividas.</p> <p>Esse conjunto de reflexões orienta o pensar e o agir docentes para o respeito aos tempos e as formas de bebês e crianças viverem sua aventura de conhecer o mundo e que amplie suas vivências para contemplar o desenvolvimento humano para todas as crianças em suas máximas possibilidades. A abordagem histórico-cultural nos dá suporte para isso, é preciso que nos aventuremos a tornar essa escola um fato.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/193 Gestão democrática e participação na educação profissional agroecológica do MST (PR): limites e possibilidades de uma educação emancipatória 2021-01-07T12:06:46-02:00 Laís Ribeiro dos Santos Lima lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Henrique Tahan Novaes hetanov@yahoo.com.br <p>A dominante modalidade de relações de produção, dos homens com a natureza, e entre eles próprios, se não estão esgotadas, encontram-se no limite intransponível do seu potencial. Forças de desenvolvimento social outrora, essas relações converteram-se em sua antítese, em problema social imenso que reclama sua superação histórica. Como os donos do poder se encontram inexoravelmente comprometidos com a ordem social, a empreitada cabe às classes trabalhadoras, que contam com uma teleologia secular de revolução social.<br />Um fragmento dessa teleologia, protosocialista, foi com o que se deparou Laís Lima em seu estudo histórico-empírico realizado na Escola Milton Santos, em Maringá, PR. A pesquisadora constatou que nela se pratica uma pedagogia contraposta às antinomias supra referidas, e que suas principais ferramentas são o ensino da agroecologia e a gestão democrática. A agroecologia promove uma relação não agressiva da sociedade com a natureza, assim como o entendimento de que sua prática é incompatível com as relações de trabalho dominantes. Esse é um dos motivos pelo qual o seu incremento é indissociável do estabelecimento de novas relações de produção pedagógicas. Estas se expressam na gestão democrática da escola, cujo parentesco, no entanto, não é a democracia liberal, mas a democracia proletária aflorada na Comuna de Paris.<br />O ótimo trabalho de Lima nos conduz com segurança pelos meandros dessa prática escolar, o que facilita a consulta dos leitores, dentre os quais, o movimento popular (MOP) é virtualmente o mais interessado. Isto porque, o fenômeno examinado é uma sugestiva exemplificação de como pode ser encaminhado, mutatis mutandis, o tão necessário reencontro do MOP com o clássico objetivo de reapropriação do trabalho pelos trabalhadores, o qual, no antropoceno, não pode prescindir da luta pela agroecologia.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/210 Mario Pinto Serva 2021-01-14T20:40:34-02:00 Alexandre Simão lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Ana Clara Bortoleto Nery anacnery@marilia.unesp.br <p>Este livro analisa a trajetória do jornalista Mario Pinto Serva e busca compreender seu itinerário no campo educacional paulista das décadas de 1910 e 1920. Trata-se de um mapeamento e análise das ideias apresentadas pelo publicista em um de seus principais espaços atuação, o jornal O Estado de S. Paulo, e em seu livro A Educação Nacional, de 1924. O olhar atento a essas duas fontes permitiram a Alexandre Simão descortinar aspectos que envolvem as estratégias articuladas pelo intelectual para acessar os debates e os locais frequentados pelos educadores do período, com destaque para a Liga Nacionalista de São Paulo e os eventos da Associação Brasileira de Educação. Na trilha dessa investigação, são levantadas e respondidas questões centrais: qual a relação entre as associações cívicas e profissionais na configuração do campo educacional? Como ocorreu a aproximação entre o articulista e as figuras de destaque no cenário educacional paulista? Suas ideias e propostas estavam alinhadas aos discursos dos agentes do campo? Quais competências o articulista atribuiu às escolas, aos intelectuais e ao Estado no que se refere às políticas de instrução pública? Nesse percurso, o autor contribui para o debate acerca da configuração das identidades profissionais no campo educacional paulista durante a Primeira República (1889 -1930). Ao reforçar a importância da imprensa periódica como fonte de pesquisa, o livro também traz à tona relevantes temáticas que podem fomentar estudos posteriores sobre os intelectuais na área da História da Educação do Brasil.</p> <p><strong>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</strong></p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg">&nbsp; &nbsp; &nbsp;&nbsp;<img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg">&nbsp; &nbsp;&nbsp;</p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg">&nbsp; &nbsp; &nbsp;</p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/212 Emancipação pela educação encontros entre Piaget e Habermas 2021-01-17T17:33:13-02:00 Vinícius Bozzano Nunes lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com Patricia Unger Raphael Bataglia lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Este livro é dirigido a todas as pessoas que acreditam na educação e em seu potencial emancipador. Educadores, gestores escolares, estudantes, pesquisadores das ciências humanas, da educação e, em especial, integrantes de escolas e experiências educativas que buscam por alternativas, encontrarão aqui subsídios para que possam refletir sobre o papel da educação frente aos desafios contemporâneos e sobre as possibilidades emancipatórias presentes em nossa civilização. Os argumentos são conduzidos pelo encontro dos principais conceitos da sociologia de Jürgen Habermas e da epistemologia de Jean Piaget.</p> <p>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências https://ebooks.marilia.unesp.br/index.php/lab_editorial/catalog/book/211 Valores morais na escola para colher é preciso semear e cultivar 2021-01-17T15:44:07-02:00 Graziella Diniz Borges lab.editorial.unesp.mailia@gmail.com Raul Aragão Martins lab.editorial.unesp.marilia@gmail.com <p>Esta obra aborda a Educação em Valores em jovens estudantes, mensurando sua presença e a forma de adesão no ambiente escolar. Apresenta teorias e conceitos de Educação Moral. Discorre sobre os valores morais: Respeito, Justiça, Solidariedade e Convivência Democrática. Trabalha o plano moral e o plano ético, propõe caminhos para uma educação democrática, relacionando os valores morais com o perfil dos jovens e o contexto escolar estudado; colabora com a reflexão de estudantes de Graduação em Pedagogia, de Psicologia, de docentes, de gestores, bem como, de instituições educacionais interessadas em ofertar uma Educação Integral para nossos jovens e crianças.</p> <p>Auxílio Nº 0798/2018, Processo Nº 23038.000985/2018-89, Programa PROEX/CAPES</p> <p><em><strong>Selo Editorial:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Oficina1.jpg" /> <img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Cultura_academica1.jpg" /> </p> <p><em><strong>Apoio:</strong></em></p> <p><img src="https://ebooks.marilia.unesp.br/public/site/images/admin-ebooks/Logo_e-book_-_Capes1.jpg" /> </p> 2020-12-03T00:00:00-02:00 Copyright (c) 2020 Faculdade de Filosofia e Ciências